quarta-feira, 11 de Março de 2015 11:55h Atualizado em 11 de Março de 2015 às 11:57h.

Executivo apresenta a vereadores projeto sobre iluminação púbica

Secretários apresentaram para os vereadores uma proposta de Consórcio Intermunicipal Vale do Piranga

Minutos antes da abertura da 10ª Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Divinópolis, ontem, foi realizada uma reunião no Plenarinho da Casa onde foi debatida a questão da iluminação do município. Os representantes do Poder Executivo, Honor Caldas (Secretário de Governo), Rogério Farnese (Procurador do Município) e o Secretário de Operações Urbanas Dreyffus Rabelo apresentaram para os Vereadores uma proposta de Consórcio Intermunicipal Vale do Piranga. A proposta tem como objetivo fazer a manutenção das lâmpadas do parque de iluminação da cidade.
O vereador Rodyson Kristinamut  solicitou que antes dos colegas edis assinarem uma ata concordando com o Consórcio, seja apresentado pelo Executivo um estudo aprofundado das taxas de iluminação pública e ainda um levantamento de quanto é arrecadado pelo município com a cobrança da taxa de Contribuição de Iluminação Pública (CIP). "Há dois anos que venho lutando junto do Executivo para que seja implantadas as lâmpadas de led que é uma tecnologia muito mais avançada que estas lâmpadas de sódio que utilizamos atualmente e que não tem tanta durabilidade. Agora não podemos concordar de cara com um Consórcio que fará apenas a manutenção de cinco itens da iluminação pública, sendo que de toda forma o município é o grande responsável pela iluminação pública desde a sansão da Resolução 1035 que obriga as Prefeituras a dar manutenção na iluminação.  Sem os levantamentos e um estudo técnico dos custos deste Consórcio não é possível discutirmos esta proposta por completo", analisou.       
Em seu pronunciamento, José Wilson Piriquito comentou sobre a situação da cidade com relação a insegurança da população mediante as várias ruas escuras em diversos bairros. "No bairro Planalto estamos sofrendo com as ruas escuras, e as pessoas tem medo de sair a noite e ser vítima de assalto ou outro tipo de crime. Nós queremos trabalhar em conjunto com a Prefeitura para sanar esta questão da iluminação pública através de um processo licitatório", disse Piriquito.
Já ao pedir uma parte no pronunciamento do edil, o vereador Adilson Quadros completou dizendo que é importante que esta licitação não seja precipitada. "É necessário que ambos os poderes utilizem do bom censo antes da realização desta licitação para que não nós arrependamos de fazer uma opção apenas paliativa, mas devemos sim escolher uma solução que integre todas as necessidades para findar os problemas em torno da iluminação pública", reforçou Adilson.
O Projeto de Lei 12/2015 com a proposta do Consórcio Intermunicipal Vale do Piranga, foi lido durante a 10ª Reunião Ordinária.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.