terça-feira, 22 de Dezembro de 2015 11:34h Atualizado em 22 de Dezembro de 2015 às 11:36h.

Fernando Pimentel entrega Prêmio Governo de Minas Gerais de Literatura

Principal homenageado é o professor e escritor Fábio Lucas Gomes. Foram agraciados também vencedores nas categorias Conto, Poesia e Jovem Escritor

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, entregou, nesta terça-feira (22/12), no Palácio das Artes, em Belo Horizonte, o Prêmio Governo de Minas Gerais de Literatura, quando destacou a importância dos escritores na construção da cultura e da democracia no país. Este ano, o homenageado na categoria conjunto da obra foi o escritor mineiro Fábio Lucas Gomes.

“Tenho respeito e admiração por aqueles que, como diz o poema de Carlos Drummond, lutam com palavras. E diz o poema que lutar com palavras é a luta mais vã. No entanto, lutamos mal rompe a manhã. Sempre tive admiração muito grande por esses que lutam com as palavras para compô-las de maneira adequada, seja na prosa ou seja no verso, mas que também usam as palavras como instrumento de luta. Eles são muito importantes para a construção da nação que queremos. Uma nação não se constrói somente com aço, cimento e obras, mas também se constrói com obras que são fruto do conjunto das palavras”, discursou Pimentel.

O prêmio, criado em 2007, é dividido em quatro categorias: Poesia, Ficção (conto), Jovem Escritor e Conjunto da Obra. Tem o objetivo de promover e divulgar a literatura brasileira, reconhecendo grandes nomes nacionais e abrindo espaço para os jovens escritores mineiros.

Pimentel destacou, ainda, a esperança e a confiança na juventude para o desenvolvimento do país. "É o respeito e o carinho por esses bravos lutadores com as palavras que me trouxe aqui, para dizer, em alto e bom som, que eu também sou otimista, esperançoso com nosso país, com nossa juventude. E vamos continuar nossa trajetória. Acho que todos nós temos nosso compromisso com o país, com a democracia, com os direitos fundamentais da pessoa humana e compromisso com nossa juventude e nosso futuro. O que nos traz aqui é lutar para que o mundo afinal fique melhor. Não para nós, que estamos indo embora daqui a pouco, mas para os filhos, para os netos, aqueles que nos sucedem", finalizou.

 

Homenageado

O homenageado e vencedor do prêmio Conjunto da Obra foi o escritor mineiro Fábio Lucas Gomes, nascido em Esmeraldas. O secretário de Estado de Cultura, Ângelo Oswaldo, explicou a escolha do escritor, sempre empenhado em divulgar a história mineira.

“Fábio Lucas é uma das maiores personalidades da crítica literária. Ele pratica todos os gêneros de criação literatura, mas é na sua reflexão sobre a construção da literatura brasileira e da literatura mineira em especial é que ele se destaca, porque traz um contributo singular pela sua acuidade intelectual, pela sua inteligência e pela maneira luminosa em que ele interpreta a produção literária brasileira. Ele é um dos grandes valores da cultura mineira”, afirmou o secretário, lembrando ser prêmio “significativo por distinguir não só novos valores da literatura nacional, mas também um jovem escritor mineiro e um grande nome das letras do país”.

Bacharel em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais, Fábio Lucas Gomes possui doutorado e livre-docência em Economia. Na década de 1950, participou da criação das revistas Vocação (1951) e Tendência (1956), em Belo Horizonte, ao lado do poeta Affonso Ávila e do romancista Ruy Mourão, entre outros. Integra as Academias Mineira e Paulista de Letras. Foi presidente da União Brasileira de Escritores e diretor do Instituto Nacional do Livro. É autor de vários livros, entre eles “O caráter social da literatura brasileira” (1970), “Vanguarda, história e ideologia da literatura” (1985), “Do barroco ao moderno” (1989), “Mineiranças” (1991), “Luzes e trevas, Minas Gerais no século XVIII” (1998), “Murilo Mendes, poeta e prosador” (2001), “O poeta e a mídia: Carlos Drummond de Andrade e João Cabral de Melo” (2003).
 

 

Premiação

Na categoria Poesia, o vencedor foi o poeta, contista, crítico e ensaísta Marcus Vinícius Teixeira Quiroga Pereira. Na categoria Ficção (conto) o prêmio ficou com o escritor e artista visual Jozias Benedicto de Moraes Neto. Já o prêmio de Jovem Escritor Mineiro foi para Estevão Luís Bertoni Araújo, professor de inglês de Ituiutaba, no Triângulo Mineiro.

Para as categorias Ficção e Poesia o prêmio é de R$ 25 mil, enquanto na Jovem Escritor destina R$ 42 mil, como incentivo à pesquisa e elaboração de um livro. O homenageado na categoria Conjunto da Obra recebe R$ 120 mil.


Créditos: Veronica Manevy/Imprensa MG

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.