segunda-feira, 8 de Junho de 2015 10:57h

Formação política para mulheres terá mais três palestras

A oferta do curso atende a uma demanda da Comissão Extraordinária das Mulheres

A programação do curso Formação Política para Mulheres terá continuidade nesta sexta-feira (12/6/15), a partir das 13h30, na Escola do Legislativo (ELE) da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). O tema da primeira palestra é Mulheres e Políticas Públicas, da pesquisadora Clarisse Goulart Paradis.

A expositora é mestre e doutoranda em Ciência Política pelo Departamento de Ciência Política da Universidade Federal de Minas Gerais (DCP/UFMG) e integrante do grupo de pesquisa responsável pelos estudos "Mulheres e políticas públicas na América Latina: desafios à democracia na região". A pretenção do grupo é estabelecer parâmetros para um diagnóstico a respeito das políticas públicas, com enfoque em gênero.

Ainda na sexta (12), de 15h30 às 17h30, o professor e pesquisador Luiz Fernandes de Assis, da ELE, fará uma exposição sobre Noções Básicas da História Política de Minas Gerais. Luiz é coordenador do projeto de pesquisa Os anais da Assembleia Provincial Mineira, desenvolvido no âmbito do Núcleo de Estudos e Pesquisa da ELE e especialista pela Universidade Estadual de Minas Gerais (UEMG) em Gestão da Memória.

No sábado (13), as atividades terão início às 10 horas, com a palestra do consultor da ALMG e professor da ELE Antônio Calhau. Mestre em Direito Administrativo pela UFMG, o expositor abordará o tema Organização do Estado, tratando da autonomia e competências entre os entes federativos, da organização dos Poderes na República Federativa do Brasil, entre outros tópicos.

No período da tarde, de 13h30 às 17h30, será realizada uma oficina, coordenada pela equipe do Núcleo de Estudos e Pesquisa Sobre a Mulher (Nepem), órgão vinculado à Fafich/UFMG, prevendo atividades e dinâmicas colaborativas, sobre Dimensões da Autonomia. A programação terá continuidade nos dias 26 e 27 de junho, nos mesmos horários.

A oferta do curso Formação Política para Mulheres atende a uma demanda da Comissão Extraordinária das Mulheres, recentemente instalada na ALMG. Um dos objetivos é discutir e propor novas políticas públicas que contribuam para o aumento da representação feminina na política.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.