quarta-feira, 9 de Outubro de 2013 07:28h

Giro da Câmara

Advertência Anabolizantes - O projeto de lei 70/2013, de autoria do vereador Careca da Água Mineral (PP), que visa à afixação de placas de advertência sobre as consequências do uso de anabolizantes em academias do município, foi colocado em pauta e recebe

O projeto de lei 70/2013, de autoria do vereador Careca da Água Mineral (PP), que visa à afixação de placas de advertência sobre as consequências do uso de anabolizantes em academias do município, foi colocado em pauta e recebeu uma emenda aditiva que foi aprovada com 14 votos favoráveis. Depois da aprovação da emenda, o projeto foi aprovado, também com 14 votos.

Nilmar Eustáquio
A lei do parlamentar Nilmar Eustáquio (PP), que dispõe sobre o abate, corte, armazenagem, transporte e comercialização de carnes e miúdos no varejo também foi debatido ontem durante reunião da casa legislativa, pelos demais vereadores.
Em defesa ao seu projeto, Nilmar Eustáquio afirmou que há muitos anos os cidadãos de Divinópolis compram carne de péssima qualidade, especificamente no que se refere ao transporte, uma vez que este não tem a mínima higiene.
Segundo ele, as carnes são carregadas sem nenhuma embalagem. “Estamos com este projeto bem elaborado que vai disciplinar o transporte de carnes em Divinópolis. Não podemos deixar que os cidadãos comprem as carnes transportadas dessa forma. Pretendo fazer uma visita no matadouro para fiscalização e peço a colaboração dos vereadores para que aprovem este projeto”, enfatizou.
A lei teve o pedido de vista de sete dias do vereador Edmar Rodrigues (PSD) para estudar melhor o projeto.

Reunião
O parlamentar, Rodrigo Kaboja (PSL), iniciou o seu discurso abordando sobre a presença do prefeito Vladimir Azevedo (PSDB), dos vereadores, do desembargador do Tribunal Eleitoral de Minas Gerais (TRE/MG), Antônio Carlos Cruvinel, para o lançamento do projeto do recadastramento biométrico móvel. “O ônibus é todo equipado e irá percorrer as cidades mais distantes, e este projeto será modelo para todo o país”, disse.
Ainda conforme o Kaboja, ele não poderia deixar de trazer um assunto que o preocupa, e que já até marcou uma reunião com o secretário de Desenvolvimento Social, Paulo dos Prazeres. O objetivo é mostrar a quantidade de mendigos que está pelos locais de Divinópolis. “O uso do crack atingiu todas estas pessoas que moram nas ruas, temos que tomar medidas urgentes em relação a estas pessoas para dar uma oportunidade para estas. A preocupação não é só pelo fato deles pedirem dinheiro para a população que normalmente ocorre; e sim unir as forças para ajudar estas pessoas. De uma maneira ou de outra quero tentar ajudar estas pessoas que são infelizes, que não tem o carinho da família, do irmão”, concluiu.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.