quinta-feira, 16 de Outubro de 2014 12:23h Jotha Lee

Governador eleito anuncia em Divinópolis a criação dos Conselhos Regionais

O governador eleito, Fernando Pimentel (PT), visitou Divinópolis hoje e manteve uma agenda voltada para encontros empresariais

Ele almoçou na central de abastecimento de uma grande rede de supermercados, onde ouviu as reivindicações do setor. Pimentel estava acompanhado de diversas lideranças políticas, entre elas o ex-prefeito Demetrius Pereira (PT), que já anunciou sua pretensão de disputar a Prefeitura em 2016. Outro prefeitável a receber o governador eleito, foi Galileu Machado (PMN), que também, segundo seu principal articulador político, Fausto Barros, vai concorrer à sucessão municipal.
Em coletiva à imprensa, Fernando Pimentel anunciou a instituição dos Conselhos Regionais de Governo, que terão como função definir e discutir as prioridades de cada região. Segundo elem serão 12 Conselhos Regionais, um deles na região Centro-Oeste. “Quando começar o governo, nós vamos constatar que o Estado não tem dinheiro para fazer tudo ao mesmo tempo. Isso é natural. Eu espero que tenha algum dinheiro, não sei se vai ter. De qualquer maneira, o dinheiro que houver terá que ser discutido regionalmente e é isso que os Conselhos terão como meta”.
Para o governador eleito, a saúde vai estar no topo da lista das prioridades. “Mesmo antes do funcionamento dos Conselhos, eu sei que a Saúde vai estar no topo da lista”, afirmou. Para ele, o Hospital Regional deverá ser uma das principais prioridades da região Centro-Oeste. “Nós temos que concluir sua construção e vamos concluir. Eu pretendo buscar dinheiro do governo federal para concluir essa obra. A presidente Dilma tem conversado conosco sobre o assunto e existe um programa do Ministério da Saúde para apoio da construção de hospitais regionais, então eu não vejo dificuldade, ainda que não haja dinheiro do governo estadual suficiente”, afirmou.
Pimentel disse que é necessário agilizar a construção do hospital púbico e trabalha com a hipótese da reeleição da presidente Dilma Rousseff. “Ela tem compromissos com a saúde e tem compromisso comigo pessoalmente, então eu não vejo dificuldade em concluir a obra, sendo a presidente Dilma reeleita”, assegurou.

 

 

Créditos: Aaron Oliveira

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.