quarta-feira, 30 de Setembro de 2015 14:08h

Governador Fernando Pimentel recebe estudantes mineiros medalhistas no WorldSkills

Os 13 alunos de Minas Gerais foram premiados na competição internacional realizada em agosto em São Paulo; Brasil ficou em primeiro lugar

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, recebeu nesta terça-feira (29/9), no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, os 13 estudantes mineiros do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) que conquistaram medalhas de ouro, prata e bronze e certificações por excelência, na edição 2015 da WorldSkills. A disputa internacional é considerada a maior competição de educação profissional do mundo, reunindo mais de 60 países de diversos continentes.
Todos os 13 representantes de Minas Gerais foram premiados neste ano, o que contribuiu para que o Brasil ficasse em primeiro lugar geral na competição. A delegação brasileira conquistou sua melhor posição na história da competição, com 31 medalhas em 27 ocupações. Os alunos mineiros receberam duas medalhas de ouro, três de prata e duas de bronze, além de quatro certificações por excelência.
Durante o encontro, o governador recebeu uma placa em homenagem ao trabalho desempenhado no Estado para incentivar o ensino. Fernando Pimentel homenageou os 13 estudantes premiados.
As medalhas recebidas pelos alunos de Minas foram em sete diferentes categorias: tecnologia da moda, instalações elétricas prediais, escultura em pedra, construção de estruturas metálicas, marcenaria de estruturas, manutenção industrial e eletrônica. Já os certificados por excelência foram para instalação hidráulica e a gás, eletricidade industrial, robótica móvel e jardinagem e paisagismo.
Medalha de ouro em tecnologia da moda, o estudante Kaio Júnior Martins Silva, 20 anos, afirmou que o prêmio representa um passo importante para o futuro profissional. “Entrei no curso profissionalizante para ter um preparo para a faculdade. Agora, vou me dedicar profissionalmente ao design de moda”, contou.
Para o medalhista, Minas Gerais foi um dos estados que mais investiu nos alunos que participaram da competição, disponibilizando grande estrutura de estudos. “O primeiro passo foi passar pelas três etapas das Olímpiadas do Conhecimento. Já na fase da estadual, passei a receber um grande apoio. A atenção dada aos alunos por Minas acaba fazendo com que outros estados brasileiros também passem a querer incentivar esse tipo de competição”, completou o aluno de Patos de Minas.

Competição
A WorldSkills acontece há 65 anos e já foram realizadas 43 edições, reunindo jovens qualificados de todo o mundo, que trocam experiência de seus ofícios. Neste ano, a disputa foi realizada em agosto, em São Paulo, e teve a participação de 1,2 mil jovens.
Os alunos são selecionados em olimpíadas de educação profissional realizadas nos respectivos países. Além das 27 medalhas, o Brasil recebeu 18 certificados de excelência, concedidos a competidores com alta pontuação.
O time do Brasil foi formado por 56 jovens competidores com idade entre 17 e 22 anos, que contaram com 189 técnicos brasileiros, para a preparação. A segunda colocada foi a Coreia do Sul, com 26 medalhas, superando China, Japão, Áustria, França e Suíça.
Também participaram do encontro desta terça-feira secretários de Estado e dirigentes da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), entre eles o presidente da entidade, Olavo Machado Júnior.

Créditos: Manoel Marques/Imprensa MG

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.