terça-feira, 6 de Novembro de 2012 04:03h Gazeta do Oeste

Governador inicia agenda na Ásia em busca de novos investimentos para Minas

O governador Antonio Anastasia (PSDB) iniciou ontem (5), visita oficial à Coreia do Sul e ao Japão. O primeiro compromisso foi em Seul, na Coreia do Sul, onde visitou a sede da Samsung, acompanhado do presidente da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), Olavo Machado.
Durante a visita, o governador conheceu as mais modernas tecnologias da empresa, bem como seus produtos. “No encontro com os empresários da Samsung, apresentamos a concepção do desenvolvimento econômico de Minas Gerais, com esforço pela diversificação da economia estadual e convidamos representantes da empresa para visitar Minas Gerais com o propósito de novos investimentos”, disse Anastasia.
A Samsung está presente no Brasil desde 1986, sendo uma das principais fabricantes de produtos eletroeletrônicos e pioneira na fabricação local de tablets, TVs com tecnologia LED e 3D e na oferta de aparelhos com acesso a internet.

Encontro com estudantes
O governador também se encontrou, na sede da embaixada do Brasil na Coreia do Sul, com 18 estudantes de universidades mineiras, que estão no país asiático para aprimorar seus estudos nas áreas de tecnologia e inovação, incentivados pelo programa Ciência sem Fronteiras, do governo federal.
A recente iniciativa da União é nos moldes do programa Jovens Mineiros Cidadãos do Mundo, criado pelo Governo de Minas em 2007, com o objetivo de custear estudos internacionais de jovens universitários, a fim de atender às demandas do mercado de trabalho em termos de qualificação de mão de obra.
“A estratégia do Governo de Minas em promover a qualificação de jovens é reflexo da nossa preocupação com o capital humano. Por meio do Jovens Mineiros, procuramos inserir nossos estudantes nos mais diversos ambientes estratégicos de universidades, centros de excelência e empresas em diversos países com os quais mantemos parcerias”, explicou o governador.
O Jovens Mineiros é baseado no tripé governo-universidade-empresa. Por ter como base a cooperação de Minas Gerais com outros estados ou províncias, o princípio da reciprocidade é aplicado, ou seja, em contrapartida Minas recebe grupos para serem treinados em universidades e instituições de pesquisa.
Outros objetivos do programa são a internacionalização institucional e econômica de Minas Gerais e a oportunidade de atração de investimentos. O setor privado, além de patrocinador, orienta o Estado na definição das áreas estratégicas que serão temas das edições com base nas demandas de mercado.
Desde a criação do programa, 170 jovens de Minas participaram de treinamentos na Itália, Cingapura e França. A última turma participou, em Toulouse, na França, de curso de aprimoramento nas áreas de Engenharia Aeronáutica e Aeroespacial.

Agenda no Japão
O governador Antonio Anastasia embarca nesta terça-feira (6) para Tóquio, no Japão, onde participa da 15ª Reunião do Comitê de Cooperação Econômica Brasil-Japão e se encontra com empresários.
A reunião é realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e pela Federação das Organizações Econômicas do Japão (Keidanren) e reúne empresas brasileiras e japonesas em painéis sobre as relações econômicas e as oportunidades de negócios nos dois países, incluindo discussões sobre energia, meio ambiente, infraestrutura e ambiente de negócios.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.