terça-feira, 30 de Junho de 2015 14:11h Vinícius Lisboa - repórter da Agência Brasil

Governadores do Sudeste propõem pauta para enfrentar crise e gerar empregos

Os governadores da região Sudeste se reuniram hoje (30), no Palácio Guanabara, para discutir medidas para enfrentar a crise econômica

Durante o encontro, eles anunciaram uma pauta de reivindicações que será levada ao Congresso Nacional e à Presidência da República, a fim de incentivar a geração de empregos e renda. Os governadores consideraram a pauta prioritária para retomada o crescimento econômico. "É um somatório de esforços e de sugestões", explicou o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão. Segundo ele, os estados "não querem fugir do ajuste fiscal" com as medidas propostas. "O que estamos propondo é um grande esforço para ajudar o governo federal em suas metas."

Algumas das sugestões deveriam ser apresentadas em forma de projeto de lei ao Congresso, o que, segundo Pezão, deverá ser feito por deputados das bancadas do Sudeste.

As reivindicações dos governadores são enumeradas em seis pautas. Uma delas sugere que os programas de concessões estaduais tenham as mesmas condições financeiras concedidas por instituições públicas federais aos da União. Outra pede apoio federal, inclusive por garantia soberana, para acesso a fundos garantidores que ampliem investimentos. Uma terceira pauta reivindica a troca de experiência nos processos de concessões e parcerias público-privadas.

Outro item da pauta é a prioridade de investimentos em logística e infraestrutura, como forma de gerar emprego. Os destaques seriam as áreas de saneamento básico e construção civil. Os governadores propõem a reversão de recursos pagos de PIS/Cofins pelo setor de saneamento para um fundo e que, depois, se transforme em investimentos.

Governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, defendeu a ideia, argumentando que as obras de infraestrutura geram muitos empregos. Para Alckmin, a sugestão não contraria o contingenciamento do governo federal.

"Existem algumas áreas que podem gerar rapidamente muitos empregos", acrescentou o governador paulista. De acordo com Alckmin, é preciso aproveitar a desvalorização do real para incrementar as exportações e recuperar mercados perdidos. A proposta foi incluída como quinto item da lista dos governadores.

O sexto trata da intensificação de operação conjunta na área de segurança pública, aprofundando a sinergia entre os governos estaduais e a União.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.