quarta-feira, 15 de Outubro de 2014 10:25h

Governo de Minas quer iniciar transição administrativa com Fernando Pimentel

O governador de Minas Gerais, Alberto Pinto Coelho (PP), encaminhou ontem ofício para o governador eleito, Fernando Pimentel (PT) para iniciar a instalação da comissão de transição

A informação foi divulgada em nota oficial da assessoria de imprensa de Alberto Pinto. O objetivo desse grupo é o de tomar conhecimento do funcionamento dos órgãos e das entidades ligadas ao Executivo e preparar as medidas a serem adotadas pelo novo governador.
A partir desse dispositivo, regulamentado pela lei estadual 19.434/2011, o atual governador tem condições de informar ao candidato eleito sobre todos os mecanismos administrativos, como as ações, projetos e programas que estejam em andamento. A comissão tem ainda “pleno acesso às informações relativas às contas públicas”, conforme diz o texto da lei.
Com a finalidade de dar continuidade à gestão pública, a lei deixa clara a obrigação dos titulares dos órgãos e das entidades públicas relativas ao governo do Estado em fornecer todas as informações solicitadas pela comissão de transição, além de prestar o apoio técnico e administrativo necessário. Em Minas, a coordenação da Comissão ficará a cargo das titulares das secretarias de Casa Civil e de Relações Institucionais, Maria Coeli Simões Pires, e de Planejamento e Gestão, Renata Vilhena.
De acordo com a assessoria, no momento, Alberto Pinto Coelho espera a resposta de Fernando Pimentel, que já foi ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e foi eleito em primeiro turno com 52,98% dos votos. A eleição coloca fim a doze anos de comando do PSDB no comando do Estado, uma vez que Alberto era vice de Antonio Anastasia, atualmente eleito para o senado.

Foto: Fernando-Pimentel-participa-de-caravana-na-cidade-Divinopolis-foto-Fernando-Cavalcanti-PT201408120004
Legenda: 
Crédito: Fernando Cavalcanti/ PT

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.