segunda-feira, 9 de Março de 2015 11:15h

Governo de Minas reafirma parceria com holandeses na área de bioeconomia

Durante encontro, representantes dos dois países discutiram sobre ampliação das ações conjuntas

Com o objetivo de fortalecer as parcerias existentes e ampliar a relação, o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), Miguel Corrêa, reafirmou, na última sexta-feira (6/3), acordo com holandeses para promover a inovação e desenvolver competências profissionais na área de bioeconomia.

Para o secretário Miguel Corrêa, o encontro foi bastante produtivo e novas conversas já foram marcadas para os próximos meses. Durante discurso, ele destacou a importância de buscar parceiros, visando a troca de informações. “Nosso trabalho terá como foco investir na inovação, tecnologia e no conhecimento. Por isso as parcerias são importantes para ampliar a capacidade de ação e promover a troca de experiências”.

De acordo com Miguel, um dos pontos fundamentais é a questão da formação dos estudantes. “Queremos avançar em todas as regiões de Minas, valorizando e respeitando a característica e o potencial de cada lugar. No caso da parceria com os holandeses, é fundamental valorizar dois pontos cruciais em que eles possuem larga experiência: a formação técnica e a gestão das águas. E estes dois temas possuem ligação direta com Minas Gerais”.

Durante a reunião, a comitiva estrangeira liderada pelo Cônsul-Geral da Holanda no Rio de Janeiro, Arjen Uijterlinde, apresentou ao novo governo a proposta de cooperação do Living Lab Biobased Brazil – NL, que pretende conectar empresas, organizações públicas e governamentais e instituições de ensino superior para incentivar a mobilidade acadêmica e fortalecer o intercâmbio de conhecimento. A parceria entre os dois países irá fortalecer o setor de bioeconomia, que reaproveita cultivos, resíduos e lixos provenientes da agricultura, indústrias e domésticos.  

O projeto é uma parceria conjunta entre diferentes agentes dos dois países. No Brasil, além do Governo de Minas, apoiam a iniciativa a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Universidade Federal de Viçosa (UFV), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), entre outros.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.