quinta-feira, 10 de Setembro de 2015 10:51h Jotha Lee

Governo faz balanço das obras reiniciadas no Centro-Oeste

Ampliação do presídio Floramar será concluída em fevereiro do ano que vem

No dia 13 de julho, o governador Fernando Pimentel anunciou as ordens de serviço para a retomada de 52 obras que foram paralisadas na administração passada no Estado. Dentre as obras que foram retomadas, os destaques são os hospitais regionais de Governador Valadares e Teófilo Otoni. A ampliação das cadeias públicas de Alfenas, Divinópolis, Itajubá e Montes Claros, o que representará mais 1.128 vagas no sistema prisional mineiro, além de rodovias ligando importantes cidades da região central mineira.
As 52 obras vão demandar investimentos de R$ 426,4 milhões e se somam a outros R$ 401 milhões que já haviam sido autorizados em maio para recuperação, manutenção e projetos para as estradas estaduais mineiras.
Ontem o governo do Estado divulgou um balanço das obras que foram retomadas na região Centro-Oeste do Estado. Em Divinópolis, já está em andamento a ampliação do presídio Floramar. Orçada em R$10,12 milhões, a ampliação gerou nesta primeira etapa 32 empregos e tem a expectativa de chegar a 51 postos de trabalho, segundo informou ontem a Secretaria de Governo.
As obras da unidade prisional, que estavam paradas desde novembro, estão previstas para ficar prontas em fevereiro de 2016. A unidade terá 306 vagas numa área construída de 3,5 mil metros quadrados.

 

ESTRADAS
Ainda na região Centro-Oeste, os trabalhos de conclusão das obras do trecho da estrada que interliga as cidades de Luz e Lagoa da Prata, passando pelo distrito de Esteios, foram retomados e o ritmo está dentro do cronograma do Departamento de Estradas e Rodagem (DER-MG). O investimento total no empreendimento é de R$ 84,5 milhões, sendo R$ 18 milhões para o término das obras.
Além de melhoramento e pavimentação da parte final do trecho de 45,5 quilômetros, esta etapa das obras inclui o acabamento da ponte sobre o Rio São Francisco com a construção do encabeçamento, guarda-corpo e outros ajustes.Também fazem parte do cronograma serviços de ampliação e alargamento da ponte sobre o córrego Jorge Pequeno, que fica na saída do município de Luz.
O trecho Luz-Lagoa da Prata interliga as rodovias estaduais MG-429 e MG-176 e é via de fundamental importância para o escoamento de produtos e mercadorias da agroindústria da região Centro-Oeste. De acordo com a Secretaria de Governo moradores, comerciantes, agricultores, pecuaristas, donos de indústrias e usineiros aguardavam a conclusão das obras, principalmente da ponte sobre o Rio São Francisco. O governo estima que as obras serão concluídas em 180 dias.

 

Créditos: Segov
Créditos: Arquivo/GO

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.