segunda-feira, 4 de Maio de 2015 10:45h

Governo viabilizará investimentos de mais de R$ 1 bilhão em energia solar fotovoltaica

Linha de financiamento, construção de parques solares e incentivos fiscais são algumas medidas tomadas para fomentar a produção deste recurso natural renovável

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede) anuncia a implantação da produção de energia solar fotovoltaica em Minas Gerais. Este tipo de recurso capta a luz solar e transforma em energia elétrica.

O Secretário de Estado, Altamir Roso, explica que as condições do estado são ideais para energia solar: “Minas Gerais tem um dos melhores potenciais de geração de energia solar do Brasil. Temos condições iguais às dos estados do nordeste. Por isso, vamos incentivar a geração de energia solar fotovoltaica. A ideia é promover o desenvolvimento econômico e economia de recursos naturais”

Para viabilizar a produção e comercialização da energia solar fotovoltaica, algumas ações foram priorizadas no primeiro trimestre deste ano:

- Implantação de parques solares de energia fotovoltaica:
Os parques solares são grandes áreas de produção de energia que vendem este recurso para grandes empresas e concessionárias como a Cemig. O estado não possui nenhum parque solar ainda. Eles podem ser viabilizados a partir de leilões federais ou estaduais.

* Parques solares no Leilão Estadual: será feito o primeiro leilão estadual em agosto deste ano para selecionar as empresas que serão produtoras energia suficiente para alimentar o consumo médio de 120 mil famílias. O investimento total será de mais de R$ 1 bilhão. As regiões mais propícias são Norte, Noroeste e Triângulo mineiro por causa da quantidade e intensidade da luz do sol, entre outros fatores. A quantidade de parques e empresas será definida no leilão. A previsão é que os parques estejam em funcionamento até 2017.

- Criação de uma linha de financiamento: A SEDE já estuda a viabilização, junto com instituições financeiras, de linhas de financiamento para a instalação de placas fotovoltaicas em empresas e órgãos públicos, que passarão a gerar a própria energia.

- Incentivos para empresas fabricantes de placas: o governo está criando medidas para que as fabricantes das placas que produzem energia elétrica a partir da luz do sol sejam produzidas em Minas. Além de geração de mais negócios, isso pode colaborar com a redução do preço da instalação e popularização do uso da energia solar fotovoltaica. Os vencedores do Leilão estadual deverão instalar seus parques solares utilizando placas fotovoltaicas cuja montagem tenha ocorrido em Minas Gerais.


O Secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Altamir Rôso, destaca a importância destas ações: “Investir em energia renovável traz múltiplos benefícios como atração de negócios, geração de emprego e renda  de qualidade e tanto na indústria quanto no mercado de serviços . E tudo isso gera desenvolvimento social”, comenta.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.