quinta-feira, 25 de Outubro de 2012 07:37h Gazeta do Oeste

Horário de verão não alterará votação em Porto Velho

 O horário de verão, em vigor desde o dia 21, não afetará o período de votação em Porto Velho, capital de Rondônia. A exemplo do que ocorreu no primeiro turno, o pleito ocorrerá no horário local, das 8h às 17h. Disputam a prefeitura os candidatos Lindomar Garçon (PV), que obteve 57.698 votos (ou 24,76% dos votos válidos) no primeiro turno, e Mauro Nazif (PSB), que ficou com 44.259 votos (18,99%).

Porto Velho é um dos maiores municípios do país, com uma área de 34.096 quilômetros quadrados (km²). Sua história está vinculada, inicialmente, à Estrada de Ferro Madeira- Mamoré, à extração de borracha e, mais recentemente, à indústria extrativa do minérios como cassiterita e ouro.

O setor que mais contribui para o Produto Interno Bruto (soma de todas as riquezas geradas) local é o de serviços (R$4,5 bilhões), seguido da indústria (R$612,2 milhões) e da agropecuária (324,8 milhões), segundo Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE). A receita total do município beira os R$ 540 milhões, enquanto as despesas somam R$ 466 milhões.

A economia interna, de acordo com a prefeitura, está baseada na indústria extrativa do minério, na pesca, no comércio e na agricultura, que tem como principais produtos arroz, mandioca, milho e abacaxi. A localização – à margem direita do Rio Madeira e com uma excelente hidrovia natural – favorece o escoamento da produção, mas a cidade ainda carece de um porto mais amplo e moderno.

Dos 428.527 habitantes de Porto Velho, apenas 278.410 estão habilitados a votar nos candidatos Lindomar Garçon (PV) e Mauro Nazif (PSB), segundo o Tribunal Regional Eleitoral do estado (TRE-RO).

Lindomar Garçon nasceu em 1969. O nome adotado para a carreira política se deve ao fato de já ter trabalhado como garçom. Foi vereador e, por dois mandatos consecutivos (1997 a 2004), prefeito da cidade de Candeias do Jamari, quando ainda era filiado ao PSDB. Em 2006 foi eleito deputado federal pelo PV. Tentou a reeleição em 2010, mas só conseguiu votos para a suplência. Em 2007 deixou o PV para se filiar ao PR, mas devido ao risco de perder o mandato por infidelidade partidária, acabou retornando ao PV.

Nascido em 1959, o médico Mauro Nazif Rasul é atualmente deputado federal por Rondônia. Também já foi filiado ao PSDB, partido pelo qual foi vereador de Porto Velho e deputado estadual, entre 1993 e 2000 – ano em que se filiou ao PSB para concluir o mandato até 2002. Em 2007, foi eleito deputado federal pelo PSB.

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.