sexta-feira, 18 de Outubro de 2013 06:10h Atualizado em 18 de Outubro de 2013 às 09:52h. Carla Mariela

Jaime Martins trabalha pelo fortalecimento da Associação dos Surdos de Divinópolis

Ações parlamentares visam construção da sede própria e inclusão da associação no Pronatec

O deputado federal Jaime Martins (PSD/MG) tem articulado projetos de inclusão e infraestrutura com a Associação dos Surdos de Divinópolis. Entre as ações prioritárias, estão a construção de uma sede própria  e a inclusão da associação nas ações do programa Pronatec, do Ministério da Educação.

A associação, que hoje funciona próximo a Escola Municipal de Música, tem sido, infelizmente, alvo de vândalos e bandidos.

“O deputado sempre se colocou a disposição pra nos ajudar e nós estamos confiantes com o apoio que temos obtido. Nossa atual sede está sendo constantemente invadida e temos um terreno próximo ao Cefet. Por isso, estamos conversando para viabilizarmos a construção da nossa sede própria” – disse Miriam, presidente da associação.

Outro desejo dos representantes dos surdos é pela inclusão no programa Pronatec, Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego do Governo Federal, que tem o objetivo de ampliar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica.

“As pautas apresentadas pela Associação são justas, meritórias e o que eu puder fazer para ajudar, não vou medir esforços. Sobre a sede própria, vou saber da possibilidade de disponibilizar uma emenda de minha autoria com essa finalidade. Mas claro que não podemos deixar a associação na forma como está, passando por constantes atos de vandalismo. Vamos tentar arrumar um local para que essas reuniões da associação sejam feitas. Sobre o Pronatec, já solicitei uma reunião com o Ministro Mercadante e espero ter uma audiência nas próximas semanas para tratar da inclusão da associação no programa. Vejo que é algo muito positivo e que se faz necessária”, informou Jaime.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.