segunda-feira, 8 de Outubro de 2012 09:20h Daniel Michelini

Jorge Torquato dispara contra processo eleitoral divinopolitano

Para finalizar, o candidato do PSOL confirmou que irá disputar as próximas eleições e pede consciência aos eleitores: “Voltaremos para a reeleição ou mesmo para outra eleição."

Divinópolis elegeu ontem seu representante no cargo máximo pelos próximos quatro anos. Como previsto, as seções foram abertas pontualmente às 08 da manhã, em alguns pontos da cidade já havia grandes concentrações de eleitores que preferiram exercer o direito de cidadania mais cedo, por ser um horário com menor movimento.

 

No Instituto Nossa Senhora do Sagrado Coração, 3290 pessoas estavam aptas a votarem no local, segundo informações divulgadas pelo Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG). Além destes, 93 cidadãos tiveram seus direitos cancelados por motivos variados, sendo que os mais frequentes em decorrência de morte ou por não terem votado nos últimos três pleitos. Por último, seis eleitores tiveram seus títulos suspensos, por estarem servindo ao Tiro de Guerra ou devido a processos judiciais.

 

A movimentação esteve tranquila até as 8h30, quando o candidato do PSOL, Jorge Torquato, chegou para votar. Com muita confiança, o candidato cumprimentou todos que estavam no local, sendo eleitores ou mesários. Em sintonia de bom humor e revolta, Torquato falou sobre a receptividade do povo divinopolitano e também deu sua opinião sobre o processo eleitoral durante toda a campanha: “Em primeiro lugar, nós estivemos em todos os cantos da cidade e fomos muito bem recebidos. Tivemos um contato muito direto com toda a população. Estamos tranquilos, mas um pouco revoltados. Sabemos que o processo eleitoral divinopolitano tem muito que amadurecer. Vemos que o poder político acaba influenciando nas nossas eleições”, disse o candidato.

 

Para finalizar, o candidato do PSOL confirmou que irá disputar as próximas eleições e pede consciência aos eleitores: “Voltaremos para a reeleição ou mesmo para outra eleição. Enquanto percebermos que Divinópolis e seus gestores não estão contemplando à população, estaremos aqui para disputar. Peço à todos que pensem bem na hora de votar”, concluiu Jorge Torquato.
 

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.