segunda-feira, 20 de Maio de 2013 04:52h Divulgação

Jornada de trabalho de policiais em pauta

Audiência pública da Comissão de Direitos Humanos discutirá jornada de policiais e bombeiros militares.

A Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realiza, na próxima segunda-feira (20/5/13), às 15 horas, reunião no Auditório, com o objetivo de debater o teor da Resolução nº 4.251/2013, que trata da regulamentação da jornada de trabalho dos policiais militares no Estado. O autor do requerimento é o deputado Sargento Rodrigues (PDT).

De acordo com o parlamentar, a resolução fala em 40 horas de trabalho semanais, mas as escalas e turnos de serviço não estão agradando a bombeiros e policiais militares. “Faremos o debate no intuito de colher sugestões e ouvir as críticas dos policiais e bombeiros sobre o assunto. A partir daí, cobraremos alterações por parte do Comando”, explicou. Segundo ele, um dos pontos polêmicos da resolução é o formato das escalas para os policiais da área operacional, que trabalham nas ruas, pois as folgas foram estabelecidas apenas de 45 em 45 dias. “Isso é muito ruim para o policial, pois ficará privado de seu convívio com a família e a sociedade. E para fazer um bom trabalho, ele precisa estar em contato com o cidadão. Escalas com folgas em intervalo menor é algo perfeitamente possível de se fazer”, ressaltou.

Convidados – Foram chamados a participar da reunião o sub-chefe do Estado Maior da Polícia Militar de Minas Gerais, Cel. PM Adeli Silvio Luiz; o comandante-geral da Polícia Militar de Minas Gerais, Cel. PM Márcio Martins Santana; o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, Cel. BM Sílvio Antônio de Oliveira Melo; o presidente da Associação dos Oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, Ten Cel. PM Márcio Ronaldo de Assis; o presidente da Associação Central Única dos Militares Estaduais de Minas Gerais, 3º Sgt. PM Walter Carvalho de Souza Fagundes; o presidente da Associação dos Praças Policiais e Bombeiros Militares de Minas Gerais, Cb. PM Marco Antônio Bahia Silva; o presidente da Associação de Servidores do Corpo de Bombeiros e Polícia Militar do Estado de Minas Gerais, Sgto. BM Alexandre Rodrigues; e o presidente do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiros Militares de Minas Gerais, Cb. BM Álvaro Rodrigues Coelho.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.