terça-feira, 11 de Setembro de 2012 13:16h Carla Mariela

Juiz Eleitoral alerta sobre compra de votos na campanha eleitoral 2012

Na última quarta-feira o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), iniciou a 2ª fase da campanha de esclarecimentos referentes às eleições, sendo que o tema colocado em discussão é a “Compra de Votos”. Para falar sobre esse assunto, a Gazeta do Oeste entrevistou o Juiz Eleitoral, Dr. Mauro Riuji Yamane, na última quinta-feira, durante a instalação da 10ª Região Eleitoral no Município de Divinópolis, que alertou os candidatos e eleitores para esse ato ilegal.

 


Segundo informações do TSE, essa 2ª fase da campanha de esclarecimentos sobre a compra de votos no processo político desse ano será veiculada por meio do rádio e da televisão com o objetivo de orientar o eleitor sobre a importância de evitar a troca de votos para obter algum tipo de vantagem.

 


A Justiça Eleitoral alerta que quem vende o seu voto recebe o dinheiro sujo e perde a chance de exercer o seu direito e dever de votar por um futuro melhor. Conforme o Dr. Mauro Riuji, a compra de votos é um ato de imoralidade. “A compra de voto é imoral é ilegal. A Justiça Eleitoral, não só de Divinópolis, mas de todo o país vai ser absolutamente rigorosa em relação a isso. Quem for flagrado nessa situação, vai sofrer as sanções legais, isso com certeza”, ressaltou.

 


Além de abordar o tema, a campanha ainda também focará a acessibilidade. Os eleitores que são portadores de necessidades especiais poderão votar com tranquilidade, uma vez que a Justiça Eleitoral dá o suporte para que essas pessoas possam exercer a cidadania. O intuito principal da discussão desse tema é orientar os eleitores a participar do processo político sem medo do local de votação.

 


Em Divinópolis, ao todo são 44 seções especiais, direcionadas para o portador de necessidade. Os bairros que terão essa seção são: Alvorada, Bela Vista, Bom Pastor, Buritis, Catalão, Centro, Danilo Passos I, Danilo Passos II, Davanuze, Dona Rosa, Espírito Santo, Esplanada, Ferrador, Icaraí II, Interlagos, Ipiranga, Jardim dos Candidés, Jardinópolis, Manoel Valinhas, Maria Helena, Nações, Niterói, Nossa Senhora das Graças, Nova Holanda, Oliveiras, Orion, Paraíso, Planalto, Porto Velho, Primavera, Quinta das Palmeiras, Quintino, Realengo, Santa Clara, Santo Antônio dos Campos, São José, São Judas Tadeu, São Luís, São Sebastião, Serra Verde, Sidil, Tietê, Vila Romana e Zona Rural.

 


Sobre esse assunto, a coordenadora da 10ª Região Eleitoral da cidade, Cíntia Greco, explicou que em anos eleitorais e também em anos não eleitorais, o Cartório Eleitoral, realiza vistorias nos locais para verificar a acessibilidade e destacou o prazo que os eleitores tiveram para alterar a sua seção. “Os eleitores com necessidades especiais tiveram um prazo, para alterar o seu local de votação para a seção especial, caso quisessem, conforme artigo 25, parágrafo único, da Resolução 21.538/03 TSE. A data estabelecida para a modificação foi no dia 09 de maio”, declarou.

 


Essa campanha também abordará outros temas, como por exemplo, horários e procedimentos no dia das eleições, a ordem que o eleitor deve escolher seu candidato na urna e os documentos que poderão ser apresentados no momento de se identificar para votar.

 


A partir de agora, vídeos e spots, da 2ª fase da campanha eleitoral, poderão ser baixados no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na opção “Voto Limpo”. Os arquivos referentes à 1ª fase da campanha que está no ar, também poderão ser baixados no mesmo link. Nessa primeira fase o tema colocado em pauta foi sobre o “Voto Limpo”, onde o objetivo era incentivar a participação dos eleitores para o voto consciente, ressaltando a importância de votar em candidatos com a ficha limpa e na 2ª fase o tema é “Compra de Votos”.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.