sexta-feira, 27 de Julho de 2012 16:18h Gazeta do Oeste

Justiça eleitoral nega candidatura de Rodrigo Mateus

 A Justiça Eleitoral de Uberaba, no Triângulo Mineiro, indeferiu nesta quarta-feira (25), a candidatura a prefeito do advogado Rodrigo Mateus, do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). Com isso, pelo menos temporariamente, o partido volta a ter apenas um candidato a prefeito, o deputado federal, Paulo Piau.

 

 

A sentença sobre a candidatura de Rodrigo Mateus foi dada pelo juiz Fabiano Rubinger Queiroz, da 276ª Zona Eleitoral, e foi referente ao pedido de impugnação apresentado pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG). O magistrado teria tomado a decisão por conta de problemas envolvendo a convenção partidária, que homologou o nome de Rodrigo como candidato. Da decisão ainda cabe recurso.

 


Entenda o caso

 

 

Uma intervenção foi feita pelo diretório estadual do PMDB na convenção realizada no dia 17 de junho. Nela foi aprovada por unanimidade a candidatura de Paulo Piau a prefeito de Uberaba.

 

Membros do partido no município solicitaram a intervenção depois de argumentar que Anderson Adauto teria articulado para que o candidato dele a prefeito fosse indicado.

 

 

O documento, que foi assinado por 31 membros do partido no município, pedia a derrubada da comissão, criada para coordenar o processo e a restituição dos direitos do PMDB. O Diretório Municipal do partido em Uberaba é composto por 45 membros, sendo que 31 pessoas, entre elas ex-presidentes do PMDB na cidade, assinaram o documento.

 

Contudo, no dia 15 de junho o prefeito Anderson Adauto protocolou um pedido de liminar contra a intervenção no diretório do PMDB. O juiz da 1ª Vara Cível de Uberaba, Lúcio Eduardo de Brito, expediu no dia 16 de junho uma notificação ao representante do PMDB pedindo a suspensão da convenção marcada por membros do partido, mas a presidência do partido conseguiu um novo parecer favorável e a convenção foi realizada. Desde então o prefeito de Uberaba recorre à Justiça para reverter a intervenção no diretório municipal.

 

 

Segundo a assessoria do candidato Paulo Piau, o recurso de defesa foi protocolado pelo departamento jurídico do PMDB.

 

Na tarde da última terça-feira (24), a Comissão Executiva Municipal do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) de Uberaba, divulgou nota onde acata os termos e efeitos da intervenção feita pelo diretório estadual na convenção realizada no dia 17 de junho, onde foi confirmada a candidatura de Paulo Piau a prefeito de Uberaba.

 

 

Ainda segundo a nota, um documento sobre a ecisão foi redigido e será protocolado nos autos dos processos em tramitação.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.