segunda-feira, 28 de Setembro de 2015 11:05h

Leite pela Vida ganha força com Protocolo de Intenções firmado entre os governos estadual e federal

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, e o ministro de Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, anunciaram, nesta sexta-feira (25/9), em Belo Horizonte

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, e o ministro de Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, anunciaram, nesta sexta-feira (25/9), em Belo Horizonte, um conjunto de ações visando ao fortalecimento da agricultura familiar e combate à pobreza rural em Minas Gerais. Foram assinados Protocolos de Intenções que tem como objeto a formalização de convênios para a destinação de recursos do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) à implantação e recuperação de infraestrutura básica, regularização fundiária e agroindustrial em projetos de assentamento. A parceria vai garantir o custeio para manutenção e execução das atividades realizadas pelos órgãos e entidades do Governo do Estado de Minas Gerais que vão ao encontro de tais iniciativas.

Dentre as ações que serão desenvolvidas está o fortalecimento da cadeia produtiva do leite nas regiões Norte e Nordeste de Minas Gerais. A estimativa é que sejam investidos, por meio da parceria firmada entre o Incra e o sistema Sedinor/Idene, cerca de R$ 20 milhões. O objetivo é assegurar, de forma ordenada, condições de participação efetiva da agricultura familiar no programa Leite pela Vida, por meio de agroindústrias geridas por cooperativas.

Para o secretário da Sedinor, Paulo Guedes, a medida vai gerar emprego e renda para a região, além de ampliar o número de famílias atendidas pelo programa. “Hoje temos vários municípios desabastecidos devido à falta do produto. Com essa parceria, vamos incentivar a criação de pequenas cooperativas de produtores de leite e agroindústrias para o beneficiamento do produto, nos locais onde existem assentamentos de reforma agrária e agricultores familiares dispostos a participar do programa”, disse ao lembrar que a meta é distribuir 150 mil litros de leite, por dia, por meio do programa.

O programa Leite pela Vida tem como principal objetivo contribuir para o combate à fome e à desnutrição de cidadãos que estejam em situação de vulnerabilidade social e/ou em estado de insegurança alimentar e nutricional – por meio da distribuição gratuita de leite. Além disso, visa fortalecer o setor produtivo local e a agricultura familiar, garantindo a compra do leite dos agricultores familiares a preços mais justos.
 


Créditos: Maurício Souza / Sedinor/MG

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.