quarta-feira, 28 de Maio de 2014 05:49h

Leitos de UTI e enfermaria do HSHD serão credenciados até o fim de semana

Quem garante é o deputado federal, Domingos Sávio, após reunião com o secretário de estado de Saúde, José Geraldo Prado. Ainda está garantido um aporte de R$ 1 milhão por mês para o Hospital.

Em uma reunião entre o deputado federal Domingos Sávio, o secretário de saúde, José Geraldo Prado, o prefeito de Divinópolis, Vladimir Azevedo e Afrânio Emílio Carvalho, representando o Hospital São João de Deus (HSJD), foi realizada para discutir a situação do hospital.
De acordo com a assessoria de comunicação do deputado, desde o ano passado várias medidas foram tomadas para que o déficit mensal do hospital fosse suprido, considerando as receitas e as crescentes despesas. "A nova diretoria tem o compromisso de realizar uma gestão mais eficiente e isso está sendo feito. No entanto, mesmo com uma nova forma de administrar, a receita e a despesa não estão equilibradas e temos um déficit que passa da casa de R$ 1 milhão por mês. Demonstramos ao secretário, José Geraldo Prado, que o hospital é estratégico para a região e atende as demandas de urgência e emergência que chegam até a UPA e necessitam de cirurgia ou UTI de urgência. O hospital recebe os casos graves de toda a região e precisa de um aporte para estar equipado e preparado em todas as áreas. O que é pago pelo SUS pelos serviços é deficitário", informou Domingos Sávio.
Domingos fundamentou, juntamente com o prefeito, Vladimir, e Afrânio Emílio a necessidade de uma intervenção prioritária do Estado, com três importantes avanços nesse sentido. "O investimento mensal que estava acertado em R$ 200 mil por mês foi justificado e acertado com o governo de Minas, passando para R$ 400 mil por mês. Esse dinheiro será aplicado no apoio e estruturação do atendimento de urgência e emergência dentro do hospital. Outra conquista foi o credenciamento de 20 leitos de UTI, em caráter de urgência, o que significará R$ 300 mil de investimento para o hospital. Outro aporte conquistado será o credenciamento de 30 leitos de enfermaria à disposição do SUS, que somam mais R$ 300 mil de investimento", ressaltou Sávio.
O parlamentar intensificará o pedido de uma audiência junto ao ministro da saúde para que o governo federal contribua para o maior hospital da região, uma vez que não há nenhuma verba federal custeando despesas oriundas da saúde pública em Divinópolis e região.

 


Crédito: Divulgação / Assessoria

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.