quarta-feira, 8 de Junho de 2011 11:22h Natalia Santos

Mais de três mil documentos perdidos encontram-se na Câmara Municipal

Para aqueles que perderam os pertences durante o rodeio, a CDP pode ser uma alternativa para a procura

Cerca de cem documentos perdidos foram entregues a Central de Documentos Perdidos (CDP) no início desta semana. O fato se deu pela realização da 41º Divinaexpo e as eventualidades de roubo e perdas de identidades, como outros documentos. A CDP é uma das alternativas de procura antes de providenciar a segunda via, meio até então um pouco burocrático.

 

 

Os documentos entregues pela Polícia Militar foram recolhidos durante os cinco dias de festas. Bolsas, chaves, identidades, CPFs, Carteiras de Motorista, de Estudantes, dentre outros objetos e documentos ficaram guardados por um ano na CDP. Além disto, ainda há na Central de Documento, aproximadamente 3200 documentos cadastrados, além dos que chegaram na tarde desta segunda-feira (06). “A procura aumentou ontem (07) com a divulgação da central”, declarou Gisele Guedes, coordenadora da Central de Atendimento ao Cidadão.

 

O espaço foi idealizado pelo vereador Beto Machado (PSDB) há um pouco mais de um ano, a fim de reunir em um só lugar os documentos encontrados na cidade e em festas. Depois da implantação os documentos que estavam na Unidade de Atendimento Integrado (Uai), em rádios e na Polícia Civil, passaram a ser encontrados junto ao CDP. “Fazemos o possível em comunicação, para toda a cidade entender o objetivo da central. É para que as pessoas venham  pelo menos conferir se o documento está aqui ou não. Se tiver a pessoa economizará tempo, dinheiro e estresse”, afirmou Gisele. A coordenadora lembrou ainda que os documentos permanecem na CDP por apenas um ano. Os três mil objetos e documentos foram cadastrados no final do ano, ao completar um ano de cadastro, os pertencem serão encaminhados à Polícia Civil.

 

 

Para retirá-los o titular deve apresentar um documento com foto. Caso tenha perdido todos os documentos, deve portar uma cópia do Boletim de Ocorrência. Já para outra pessoa retirar os pertences é necessário apresentar uma procuração do titular, registrada em cartório. Para consultar os documentos procurados, basta acessar no portal da Câmara o link CDP (http://www.camaradiv.mg.gov.br:8181/sisdoc/modulos/consulta/index.php), no topo esquerdo da página. Mais informações podem ser adquiridas pelo telefone (37) 3229-8214 ou (37) 3229-8271.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.