quarta-feira, 3 de Agosto de 2011 09:59h

Medalha Centenário

“A idéia inicial da solenidade, era a de unir a outorga da Medalha Centenário ao contexto oficial do projeto que vem sendo desenvolvido pelo Conselho do Centenário. Porém com o passar do tempo observou-se que outras variáveis das comemorações seriam positivas para o próprio programa da Prefeitura. Com a vantagem de não estarmos limitados às indicações meramente políticas. Acho até que as comemorações deveriam se estender as empresas comerciais, industriais, colégios, faculdades, entidades de classe, e a qualquer forma de atividade associativa, para que as escolhas fossem mais amplas”.


Foram essas as declarações do jornalista Itamar de Oliveira, criador do primeiro projeto do Centenário oferecido à Administração Pública no ano de 2008. Editor do jornal Pinga-Fogo e também incentivador da Casa de Gravatá, (entidade sócio/cultural) cujo objetivo é preservar a cultura e tradições da cidade, há dois anos vem selecionando nomes com a ajuda dos confrades para outorgar a honraria.
 

Os critérios foram bastante simples e o principal deles é a meritocracia. Foram escolhidas pessoas vivas (40) e falecidas (10) para serem homenageadas em 2011. As outras 50 serão homenageadas no primeiro semestre de 2012 – é de ser notado que estamos em pleno ano do centenário. A partir de 2 de junho de 2012 estaremos no ano 101.


A Medalha Centenário será entregue no próximo dia 26 de agosto no plenário da Câmara Municipal de Divinópolis a partir das 19 horas. O evento conta com o apoio da Gazeta do Oeste e Câmara Municipal de Divinópolis.

 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.