segunda-feira, 6 de Agosto de 2012 15:40h Gazeta do Oeste

Médicos liberam Lula para fazer campanha com Haddad

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva foi liberado pela sua equipe médica para entrar ativamente na campanha de seu afilhado político, o petista Fernando Haddad, que disputa a Prefeitura de São Paulo e outros correligionários da sigla. De acordo com o médico Roberto Kalil "o presidente está totalmente liberado para fazer o que quiser". "O presidente pode sair e ir para um palanque. Não existe recomendações além da prudência", afirmou o médico.

De acordo com Kalil, a partir dos exames realizados nesta segunda-feira foi constatado que não há mais nenhum reflexo do câncer na laringe. E o inchaço na garganta de Lula é consequência da radioterapia, sintoma que deverá desaparecer entre dois a três meses. O médico afirmou ainda que desde o fim do tratamento com a quimioterapia, em fevereiro, Lula ganhou entre seis e sete quilos. Os próximos exames que o ex-presidente será submetido estão marcados para dezembro.

Ao deixar o hospital Sírio-Libanês, o médico contou que Lula, após comemorar o desaparecimento da doença, disse que irá se encontrar com a presidente Dilma Rousseff, que está chegando à capital. "Quando contamos ao presidente, ele respondeu: tenho que ir comer um bacalhau com minha amiga presidenta." 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.