quarta-feira, 26 de Setembro de 2012 15:34h Gazeta do Oeste

Minas vai receber recurso para esgotamento sanitário

Com o programa de revitalização da Bacia Hidrográfica do São Francisco, 200 municípios entre os estados de Alagoas, Bahia, Maranhão, Minas Gerais, Pernambuco, Piauí e Sergipe, estão sendo beneficiados com obras de Infraestrutura. Essa é uma ação desenvolvida pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba - CODEVASF, com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento – PAC.
Ao todo, serão investidos R$ 2,2 bilhões. Para este ano, está previsto investimento de cerca de R$ 274 milhões.
O programa vai atender as zonas urbanas de municípios que pertencem às bacias dos rios São Francisco e Parnaíba, com população de até 50 mil habitantes e com prioridade para as localidades situadas na calha do rio São Francisco. Em 2007, essas atividades de recuperação e conservação foram estendidas à bacia do Rio Parnaíba.

Minas Gerais
Em Minas Gerais, além da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba – CODEVASF, o programa ganha apoio da Companhia de Saneamento de Minas Gerais – COPASA. Até agora, já foram investidos R$ 220 milhões da CODEVASF e R$ 1,5 bilhão do Governo do Estado de Minas Gerais apenas nas regiões de Belo Horizonte e Contagem
Outros 55 municípios da bacia do São Francisco também terão a implantação de Projetos de Sistemas Públicos de Esgotamento Sanitário. Até o momento, segundo a CODEVASF, 90% das obras já estão concluídas nas seguintes cidades: Arcos, Caeté, Doresópolis, Itabirito, Japaraíba, Medeiros, Morada Nova de Minas, Papagaios, Três Marias, Vargem Bonita, Guarda Mor, Engenheiro Navarro, Piumhi, Caeté, Bom Despacho, Bambuí, Iguatama, Nova Lima e Pirapora, onde já foram gastos R$ 282 milhões.

Programa Água Para Todos
O programa Água Para Todos é um projeto do Governo Federal destinado a comunidades rurais situadas a uma distância máxima de até 15 km do São Francisco. O projeto vai assegurar sistemas simplificados para perfuração de poços, instalação das bombas, tubulação, tratamento e distribuição da água.
O objetivo do Programa é beneficiar 90 comunidades. A implantação dos sistemas para 74 comunidades foi iniciada e o investimento total alcança R$ 37 milhões. Em Minas Gerais, serão instalados 16 sistemas.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.