quinta-feira, 25 de Outubro de 2012 07:36h Gazeta do Oeste

Ministro Lobão ficará afastado até 6 de novembro

Foi prorrogado por 14 dias o período de afastamento do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, para tratamento de saúde. O despacho presidencial foi publicado nesta quinta-feira no Diário Oficial da União (DOU). Desde o último dia 18, Lobão está internado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo.

O período de licença estava previsto para terminar no próximo dia 23. Ele havia se submetido a uma série de exames, em Brasília, após reclamar de forte gripe e febre. De acordo com o despacho presidencial, o afastamento fica prorrogado até 6 de novembro.

 

Após se queixar de uma gripe forte durante três dias e ter apresentado febre, de acordo com assessores, o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, foi internado na quinta-feira passada no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.