sexta-feira, 14 de Março de 2014 05:54h Atualizado em 14 de Março de 2014 às 06:00h. Carina Lelles

Mistério na mudança do Pronto Socorro prevalece

Prefeitura não se pronuncia, mas vereador garante que atendimento no Pronto Socorro passa a ser no bairro Nações a partir de segunda-feira.

Há cerca de 30 dias se percebe rumores na cidade de que o Pronto Socorro Municipal, localizado no Centro da cidade, passará para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Sudeste no bairro Ponte Funda. Desde então a Gazeta do Oeste tenta contato com a prefeitura, mas a única resposta é de que haverá uma coletiva para a imprensa para esclarecer o assunto.
Durante seu pronunciamento na Câmara, o vereador Dr. Delano afirmou que a partir desta segunda-feira (17) os atendimentos serão feitos parcialmente no novo endereço, mas também não conseguiu muitas informações junto ao executivo. Os vereadores deverão tomar conhecimento total da mudança em uma reunião, com representantes do executivo, prevista para acontecer na manhã de segunda.
De acordo com Dr. Delano, o que foi passado a ele, é que amanhã (15) começa a ser feita a mudança do atual endereço do Pronto Socorro, para as novas instalações. “Essa transferência vai ser gradativa. Não que a partir de segunda-feira acabou, não vai ter mais Pronto Socorro no Centro da cidade, ela (mudança) tem que ser devagar para não pegar as pessoas de surpresa. Não pode ser brusca essa transferência por que as pessoas não sabem que nós temos hoje uma nova estrutura no Pronto Socorro Regional”, explica.
Com relação a falta de informação sobre a mudança do Pronto Socorro, por parte do executivo, o vereador ressalta que: “Eu sou dito base do governo, mas as pessoas que me acompanham sabem que não existe isso pra mim. Acho que um dos erros do governo municipal é essa falta de explicação. Para vocês terem uma idéia, vocês estão me fazendo essa pergunta e um vereador da base do prefeito não sabe responder. Eu também queria ter essa resposta, porque eu como médico e já fui presidente da Comissão de Saúde, as pessoas me param na rua e me fazem essa pergunta. Infelizmente a gente também não tem essa informação, essa é a grande falha do governo do Vladimir Azevedo. Eu peço desculpas por mesmo sendo da base do governo, não ter essa informação.”

 

Como será a infraestrutura?
O parlamentar ressalta os questionamentos feitos pela imprensa a ele, é a mesma que ele faz ao chefe do executivo. “Porque enquanto a estrutura médica é muito boa, as instalações são sensacionais, a direção do novo Pronto Socorro da UPA é muito boa. Porém a gente não sabe como vai ser o fluxo daquele local. Acho que vai haver uma dificuldade de deslocamento, o trânsito vai precisar ser modificado. Para vocês terem uma idéia para gente ir pra UPA Sudeste tem mão dupla, e se tiver uma ambulância precisando passar e for hora de pico, vamos ter uma complicação tremenda”.
Com relação ao número de leitos, Dr. Delano confirma que será menor que o atual endereço. No Centro, o Pronto Socorro está lotado e passando para um lugar com menos leitos disponíveis pode sobrecarregar ainda mais o sistema. “O Pronto Socorro é pronto atendimento ou o paciente vai pra casa ou ele vai para o hospital. Não é para os pacientes ficarem internados no Pronto Socorro. Então essa pergunta ela é muito importante para onde esses pacientes irão? O hospital São João de Deus não cabe mais, nós temos um hospital em construção que não irá ficar pronto esse ano e talvez nem o ano que vem. Então a gente pensa para aonde esses pacientes irão?”.

 

O que será feito no imóvel do Centro?
Sobre este assunto, Dr. Delano revela que um convênio será firmado para a utilização do espaço no Centro da cidade. “O atual imóvel vai ter um convênio firmado, mas não posso dar a certeza ainda, porém tudo indica que é entre o Hospital São João de Deus e a Prefeitura. Mas essa certeza, só teremos na segunda-feira de manhã”.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.