Movimento Carlos Chagas

Na próxima segunda-feira, às 16h, será realizado na Casa Legislativa de Itaúna o 4º encontro relacionado ao movimento Carlos Chagas. O objetivo deste encontro é unir os parlamentares de Minas Gerais visando à busca por soluções para diversos problemas enf


Na próxima segunda-feira, às 16h, será realizado na Casa Legislativa de Itaúna o 4º encontro relacionado ao movimento Carlos Chagas. O objetivo deste encontro é unir os parlamentares de Minas Gerais visando à busca por soluções para diversos problemas enfrentados pela sociedade.
Dentre as reivindicações dos vereadores conforme foram ocorrendo os encontros, está à solicitação de melhorias no atendimento das perícias médicas realizada pelo INSS, uma vez que muitos dos segurados passam por dificuldades em conseguir afastamentos, aposentadorias e outros benefícios que são de direito. Outro questionamento é pela forma desumana como os segurados são atendidos. Entretanto, a primeira fase será debatida, acerca das reclamações contra a perícia do INSS.
Toda a população é convidada a participar desse encontro para unir forças com os demais parlamentares. O primeiro encontro ocorreu na sede do legislativo da cidade de Oliveira. O segundo encontro ocorreu em Divinópolis, no dia 1º de julho, no qual compareceram 50 parlamentares representando 17 municípios. Já o terceiro encontro aconteceu em Perdões no dia 15 de julho quando compareceu cerca de 40 parlamentares.
Uma comissão foi montada para dar mais agilidade aos trabalhos. Os membros desta comissão são: presidente Leonardo Ananias Leão da câmara de Oliveira, vice-presidente Eduardo Print Júnior da câmara de Divinópolis, primeira secretária Maria Klésia de Oliveira da câmara de Bom Despacho, segundo secretário Sandro Francisco de Oliveira Santos da câmara de Perdões e terceiro secretário Gil Máximo da câmara de Itaúna.
Em entrevista anterior, o vereador já havia explicado que esteve com vários presidentes de câmaras do Centro Oeste mineiro e também do sul de Minas, quando iniciaram o movimento Carlos Chagas. Segundo Eduardo Print Júnior, foi durante uma confraternização que ele foi eleito por vários vereadores da região como vice-presidente do movimento. “Abracei esta causa, que tem a primeira fase voltada para a questão dos médicos peritos do INSS, sei que será árduo, mas cada reunião que ocorre nós conseguimos aglutinar mais e mais cidades da região”, enfatizou.
O vereador Eduardo (PDT) solicita a presença dos cidadãos que possui problemas com o INSS em seu gabinete, porque os casos que chegarem até o parlamentar será documentado, anexado ao processo, analisado pela comissão e encaminhado para o Ministério Público.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.