terça-feira, 31 de Julho de 2012 15:19h Gazeta do Oeste

Mulher de Cachoeira é detida por suspeita de subornar juiz

 A noiva do bicheiro Carlinhos Cachoeira, Andressa Mendonça, foi encaminhada para a Superintendência da Polícia Federal em Goiânia por suspeita de oferecer propina ao juiz responsável pela ação pena decorrente da Operação Monte Carlo. O valor seria de R$ 100 mil, oferecido ao magistrado Alderico Santos.

 

 

A Polícia Federal cumpriu mandado de condução coercitiva expedido pela Justiça Federal. Andressa chegou na manhã desta segunda (30) à sede da PF na capital goiana.

 

As audiências da ação penal começaram na semana passada. O juiz assumiu o caso depois do afastamento de Paulo Augusto Moreira Lima, que pediu susbtituição depois de ter sofrido ameaças.  

 

 

 

 

 

 

 

 

O TEMPO

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.