quarta-feira, 13 de Maio de 2015 11:38h Atualizado em 13 de Maio de 2015 às 11:45h. Jotha Lee

Novo prefeito de Santo Antônio do Monte foi empossado ontem

Titular eleito em 2012 renunciou ao cargo por questões familiares

Em uma solenidade ocorrida ontem à noite, a Câmara Municipal de Santo Antônio do Monte deu posse ao novo prefeito da cidade. Assumiu o cargo o vice, Edmilson Aparecido da Costa (PSDB), que aos 37 anos, completados no dia 25 de março, está entre os 2.147 prefeitos eleitos em 2012 na faixa de 26 a 45 anos, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Os prefeitos mais jovens do país têm 23 anos e administram as cidades de Chaval (CE), Araioses (MA), Ibirité (MG) e Viçosa (CE).
Edmilson Costa assumiu o cargo após a renúncia do titular, o médico Wilmar de Oliveira Filho (PSDB), que na segunda-feira encaminhou carta de renúncia ao presidente da Câmara de Santo Antônio do Monte, Martim Rodrigues dos Santos (PTC). O pedido de renúncia foi comunicado à juíza eleitoral da Comarca, Lorena Teixeira Vaz Dias, que imediatamente marcou a posse do vice para ontem à noite.
De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Santo Antônio do Monte, Wilmar Filho comunicou a decisão em caráter irrevogável, alegando questões familiares. Na carta que enviou ao presidente da Câmara, o agora ex-prefeito assegurou que a principal motivação para deixar o cargo foi o apelo da família. “Após reflexão amadurecida e submetendo-me ao apelo familiar irrecorrível, venho nessa oportunidade, na condição de prefeito de Santo Antônio do Monte, eleito no pleito de 2012, dar conhecimento aos poderes constituídos deste município, de forma especial, à Câmara de Vereadores e à nossa população, da minha decisão irrevogável de afastar em definitivo do cargo de prefeito municipal”, diz a carta.
Wilmar Filho assegurou ainda que deixa o cargo com a consciência tranquila e agradeceu a todos que ajudaram na condução do mandato. “Tenho a consciência tranquila de minha dedicação e de meus sacrifícios para atender da melhor forma esta terra e seu povo. Agradeço efusivamente a distinção e o apreço que recebi da população, dos servidores municipais e dos íntegros representantes dos poderes: Legislativo e Judiciário, no período que estive no exercício de tão nobre função pública.”

 

TERCEIRO MANDATO
Aos 59 anos, o ex-prefeito estava no seu terceiro mandato à frente da Prefeitura de Santo Antônio do Monte, a 69 quilômetros de Divinópolis. Natural de Belo Horizonte, foi criado em Santo Antônio do Monte, onde a família sempre residiu. Formado pela Faculdade de Medicina de Barbacena em 1982, fez especialização em Cirurgia Geral.
Em 1990, se tornou professor assistente de Cirurgia na Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais, onde 13 anos depois foi homenageado e condecorado com o título de Professor Emérito, sendo o professor mais jovem até então a receber este título nessa instituição.
Iniciou sua carreira política em 1993, quando foi eleito para seu primeiro mandato à frente da Prefeitura de Santo Antônio do Monte. Em 1994, criou a Fundação Dr. José Maria dos Mares Guia, um marco na prestação de serviços na área de saúde do Centro-Oeste Mineiro, onde continua trabalhando.
Ao final do seu primeiro mandato, Wilmar Filho foi nomeado Diretor da Regional de Saúde do Centro-Oeste Mineiro, situada em Divinópolis, ficando no cargo por um ano, até que o então governador, Eduardo Azeredo (PSDB), o convidou para assumir o cargo de secretário de Estado da Saúde.
Em 2001, retornou à vida pública, assumindo seu segundo mandato à frente da Prefeitura de Santo Antônio do Monte. Em 2012, foi eleito para o terceiro mandato, em uma eleição bastante disputada. Ele obteve 8.250 votos, 54,31% da votação válida. Ficou no cargo por dois anos e quatro meses, entregando sua renúncia na última segunda-feira.

 

Crédito: Ademar de Oliveira

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.