Obras na av. Paraná estão causando transtornos ao trânsito de Divinópolis

Conforme Edmar Rodrigues as obras da cratera da avenida Paraná está causando transtornos em algumas ruas

O parlamentar, Edmar Rodrigues (PSD), durante o seu pronunciamento na Reunião Ordinária que ocorreu antes do feriado de carnaval, na Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG), discursou sobre a importância da sinalização em determinados locais da avenida Paraná em Divinópolis, comentou também sobre os transtornos que as obras, devido à cratera desta avenida estão causando no trânsito de algumas ruas na cidade, próximas ao local e que estão servindo para desvio das obras do buraco. Além disso, discorreu sobre o estacionamento rotativo do Município.
A causa da cratera que se abriu na avenida Paraná, foi a enchente que ocorreu no início de 2012, fazendo com que uma agência de veículos desabasse, sendo que os destroços permaneceram no local por mais de três meses. Na época, quando o buraco completou 100 dias, foi feito um protesto, com uma comemoração foi feita com balões e gritos.
Atualmente, as obras ainda estão em andamento e a cratera ainda está prejudicando o trânsito. Conforme o parlamentar Edmar Rodrigues, ele observou que em horários de pico, o trânsito da rua Goiás com a rua Piauí que dá acesso a avenida Autorama está ficando complicado para transitar. “O trânsito neste local está difícil, porque a maioria dos motoristas desce pela avenida Paraná, mas pelo fato do buraco ainda está em reformas, então os motoristas passam na rua Goiás, passando próximo ao Hiper ABC para acessar a avenida Autorama e depois retornar para a Paraná. O trânsito está muito difícil e nós gostaríamos que a Settrans colocasse os agentes, pelo menos um agente na esquina com Goiás e Piauí e Sergipe com Piauí para que possa desafogar o trânsito da região. Não sei como não aconteceram ainda acidentes no local”, alertou.
O parlamentar acrescentou que a avenida Paraná com rua Cascalho Rico, está precisando urgente de uma sinalização para evitar acidentes no local. “Nós necessitamos com urgência de um semáforo na avenida Paraná esquina com a rua Cascalho Rico, porque esses dias atrás houve um acidente envolvendo três veículos, com o capotamento de um dos veículos, e lá é um local de bastante comércio. Ali é urgente colocar o semáforo antes até que se iniciem o funcionamento dos trabalhos na Sede da Prefeitura, do Hospital Público Regional que nós esperamos ser instalado e isso tem que ser feito agora. Nós não podemos deixar sem semáforo, porque que já existe um movimento muito grande e com o funcionamento da Sede da Prefeitura e do Hospital Público Regional, esse movimento vai aumentar”, disse.
De acordo com Edmar Rodrigues, ele já conversou sobre o assunto com a Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte e já mandou ofício para que a Settrans com urgência faça um estudo antecipado no movimento daquela região que tem um trânsito movimentado. Ele pediu que o estudo fosse realizado para evitar mais acidentes no local.
Sobre o estacionamento rotativo de Divinópolis, o vereador afirmou que tem alguns lugares que não possuem a pintura estatigráfica organizando as posições dos veículos da cidade. Ele ressaltou que o motorista quando vai estacionar, não estaciona no local certo, então um local que caberiam quatro veículos passam a caber dois ou três dificultando o estacionamento de outros motoristas que precisam utilizar o estacionamento. “Nós gostaríamos de acionar a Settrans também para que ela possa tomar esta providência, porque está trazendo transtornos , porque os motoristas tem que ter conforto e tranquilidade. Eu fiquei observando esta questão e vamos orientar os nossos agentes através da Settrans para que ou faça a pintura estatigráfica determinando os locais em que os carros possam ser estacionados ou que faça também uma vistoria”, disse.
Edmar Rodrigues relatou que vai por meio de um ofício, solicitar a Settrans para que ela possa resolver essas questões, e principalmente em relação aos transtornos que o buraco está causando em algumas ruas nos horários de pico.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.