sexta-feira, 7 de Agosto de 2015 14:12h

“Ouvir as pessoas é uma atitude de carinho com Minas Gerais”,

Durante instalação do Fórum Regional do Alto Jequitinhonha, governador destaca a nova maneira de se administrar o Estado, com a participação popular

Durante a instalação do Fórum Regional de Governo – Território Alto Jequitinhonha, em Diamantina, nesta sexta-feira (7/8), o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel destacou a “mudança de atitude” no jeito de administrar o Estado, prezando pelo diálogo, regionalização e participação popular. Segundo ele, mais que uma promessa de campanha, “ouvir as pessoas é uma atitude de carinho com Minas Gerais”.

“Essa grande mudança já começou. Aos poucos, vamos fazer aquilo que tem de ser feito, ouvindo cada região e criando esse novo conceito, essa nova atitude de governo, que é uma atitude de proximidade com as pessoas”, disse.

O Fórum Regional de Governo - Território Alto Jequitinhonha conta com 20 municípios e dois subterritórios. Foi o nono dos 17 fóruns a ser instalado.

Por meio de projetos como o dos Fóruns Regionais de Governo, que abrem espaço para a sociedade civil participar da construção de políticas públicas em Minas Gerais, o governador espera reduzir as desigualdades regionais e levar a administração estadual a todo o interior.

“Eu só estou aqui como governador do Estado porque vocês me colocaram aqui. Então, eu tenho de voltar sempre aos locais onde tem gente que me pôs aqui, para que possamos ouvir as pessoas, conversar com elas. Se tiver críticas, vamos ouvir com humildade. Não é perda de tempo, é ganho de tempo. Para errar menos, vamos ouvir. Essa é a grande lição que nós aprendemos ao longo da história: ter a humildade, a simplicidade, a singeleza, de chegar perto do povo. O povo tem a sabedoria do saber fazer e nós precisamos aprender com ele. Ninguém é tão bom assim que não precise ouvir ninguém. Nós temos de ouvir as pessoas”, acrescentou Pimentel.

O secretário de Estado de Governo, Odair Cunha, ressaltou que, com os fóruns de governo, a população vai conseguir “identificar a presença do Estado em todos os 17 territórios e trabalhar de maneira integrada com o poder público”. “A primeira determinação do governador Pimentel é materializar o ‘ouvir para governar’, introduzir os cidadãos nos programas de governo. Estamos saindo da área de conforto em que alguém lá de Belo Horizonte decide. Queremos trabalhar compreendendo as regiões de Minas Gerais”, disse.

Representando os prefeitos desse território de desenvolvimento, o presidente da Associação dos Municípios da Microrregião do Alto Jequitinhonha e prefeito de Carbonita, Marcos Lemos, parabenizou o governador Fernando Pimentel pela iniciativa de percorrer as regiões e “administrar para além dos gabinetes”.

“Agradeço ao senhor, governador, por vir até nós e trazer todos de seus gabinetes para realimentar as nossas esperanças, ouvir a nossa região, tão carente de projetos. Entra governo, sai governo, e algumas demandas continuavam nas planilhas ou engavetadas. Apesar da dificuldade econômica do Estado, é preciso reconhecer seu empenho”, afirmou.

Os deputados Reginaldo Lopes (federal) e Dr. Jean Freire (estadual) discursaram na abertura da cerimônia, ressaltando que, em menos de oito meses de governo, Pimentel já esteve duas vezes no Jequitinhonha e atendeu demandas históricas no Estado, como o acordo para pagar o piso nacional dos professores, além da retomada de obras em Minas. “Ouvir para governar é o recado do século 21 dado pelo povo aos governantes, desde as manifestações de junho de 2013. A sociedade brasileira quer mais Estado, quer políticas públicas com eficiência”, afirmou o deputado Reginaldo Lopes. Para Dr. Jean Freire, “entre tantas coisas a serem feitas, a primeira já está sendo atendida: ir até o povo”.

Representando a Assembleia Legislativa de Minas Gerais, o deputado Iran Barbosa também destacou a importância de se ouvir a população. “As pessoas querem mudanças, não querem os mesmos erros de antes”, disse.

Funcionamento

Nesta sexta-feira, durante o período da tarde, o público presente pôde tirar dúvidas com os coordenadores do programa sobre a metodologia do trabalho e as diretrizes para os fóruns. Foram entregues por representantes do governo formulários de diagnóstico territorial, que será utilizado para levantar as demandas da população. Cerca de 600 pessoas compareceram na solenidade de abertura, pela manhã, entre prefeitos, vereadores, movimentos sociais organizados e cidadãos interessados em contribuir.

O vereador de Itamarandiba, Guim Carneiro, que tem 20 anos de vida pública, disse ter se emocionado com a organização do projeto. “Já participei de tudo neste Estado, tive diversos cargos no Executivo e no Legislativo, e nunca vi falas serem encaminhadas para o povo como foi feito aqui. Nunca vi autoridade se sentar no fundo da Mesa e os movimentos sociais dividirem espaço com o governador. Nós nunca fomos tão ouvidos. A minha emoção é muito forte”, afirmou.
A agenda dos fóruns está sendo disponibilizada no site www.forunsregionais.mg.gov.br.  O usuário deverá informar o nome de sua cidade e assim ter acesso às informações sobre os Fóruns de seu território. Outras informações poderão ser obtidas através do e-mail forunsregionais@governo.mg.gov.br.

Municípios integrantes do Território do Alto Jequitinhonha
Alvorada de Minas

Gouveia

Aricanduva

Itamarandiba

Capelinha

Leme do Prado

Carbonita

Minas Novas

Chapada do Norte

Presidente Kubitschek

Coluna

São Gonçalo do Rio Preto

Couto de Magalhães de Minas

Senador Modestino Gonçalves

Datas

Serro

Diamantina

Turmalina

Felício dos Santos

Veredinha

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.