quinta-feira, 11 de Abril de 2013 06:03h Atualizado em 11 de Abril de 2013 às 06:07h. Carla Mariela

Parlamentares da Câmara Municipal de Divinópolis apresentaram saldo positivo nos 100 dias de gestão

Durante a apresentação do balanço, o presidente da casa legislativa, afirmou que conseguiu diminuir o impacto de 80% do déficit que tinha da administração passada com essa atual.

A mesa diretora da Câmara Municipal de Divinópolis, composta por: Rodyson Kristnamurti (PSDB) como presidente, Marquinho Clementino (PSL) como vice-presidente, Edmar Máximo (PHS) como o 1º secretário e Nilmar Eustáquio (PP) como 2º secretário, se reuniu ontem (10) no plenário “Vereador Dr. Zózimo Ramos Couto”, às 15h, para apresentação de um balanço de ações desenvolvidas por eles em 100 dias de trabalho.
O vereador Rodyson Kristnamurti, após a apresentação do balanço conversou com a imprensa e ressaltou que ele assumiu a presidência com uma despesa fixa de quase R$1 milhão, sendo que o impacto foi muito grande com o aumento do número de vereadores, de servidores e aumento de material de consumo, com isso ele teve que aplicar o choque de gestão com a realidade financeira da Câmara. “Foram várias medidas antipáticas, porém, necessárias para o bom funcionamento da Instituição e com isso conseguimos alcançar o objetivo em tão pouco tempo, quase três meses e meio de administração, nós conseguimos diminuir o impacto de 80% do déficit que tinha da administração passada com essa atual. A partir de agora nós vamos entrar em uma nova etapa, uma nova adequação no equilíbrio financeiro. Fico feliz de ter tido a ajuda dos vereadores e com isso teremos também um patamar de planejamento quanto a melhorar o espaço físico para bem receber o cidadão divinopolitano”, disse.
Após o balanço com saldo positivo, o presidente falou de contratações. Ele disse que haverá contratações e concursos públicos, pois existe a necessidade de mão de obra qualificada em alguns setores. Terá a contratação devido a receita que agora a permite. Além de contratação haverá o concurso público para adequar a realidade da Casa Legislativa.
Nos três meses de administração, Rodyson Kristnamurti, relatou que a Câmara alcançou uma economia que gira em torno de R$680 mil reais. “Hoje nós temos o salário em dia, bem como fornecedores pagos e já sobra recurso para aplicarmos na instituição”, frisou.
O presidente ainda falou sobre a tentativa de viabilizar o prédio do Fórum. Para ele o espaço físico atual da câmara não está adequado para a realidade e segundo o presidente já foi conversado com a assessoria do governador e já foi sinalizado de uma forma positiva que estaremos juntos com os deputados e prefeito solicitando a viabilização do prédio pensando no futuro do Poder Legislativo.

Logo no início da legislatura, a mesa diretora, realizou o curso para capacitar os novos vereadores, servidores e os novos assessores da Casa. Em seguida, o presidente da Câmara Municipal, fez um comunicado a imprensa sobre o choque de gestão, para a redução de gastos no Poder Legislativo, para que o órgão obtivesse mais eficiência.
Rodyson Kristnamurti cortou diárias de viagens dos vereadores e dos servidores, cortou as viagens das comissões do parlamento nos veículos da câmara, reduções de gastos nos gabinetes e setores, monitoramento dos telefones da câmara, suspensão de empréstimo do plenário e do uso da sala vereador José Constantino fora do horário de expediente, redução de 20% nos gastos com mão de obra terceirizada, alterações no quadro de cargos comissionados visando à redução das despesas, suspensão de compras e da contratação de prestação de serviço não essencial.
A mesa diretora também fez a entrega da nova sala da TV câmara, entregou o novo plenário para os 17 vereadores, após reforma. Ainda para o aprimoramento do novo plenário, foi realizada a instalação do novo painel eletrônico, moderno, que facilita as reuniões tanto para os parlamentares no momento dos pronunciamentos e votação de projetos, quanto para a população que acompanha os encontros legislativos. O plenário também foi palco do recebimento das prestações de contas do Poder Executivo, da secretaria municipal de Saúde (Semusa) e Diviprev. Ainda como parte das reformas realizadas na Câmara foi registrado a entrega dos novos gabinetes aos parlamentares e a nova sala da Procuradoria Geral e a sala do Centro de Atendimento ao Cidadão (CAC).
Em relação às Comendas, os parlamentares homenagearam com a Comenda Mulher Cidadã, 17 mulheres que já realizaram alguma ação em prol de Divinópolis. A mesa diretora também apoiou campanhas contra a pedofilia e também contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 37) assinando uma moção de repúdio.
Além das ações já citadas, a mesa diretora participou de discussões de transformação do CEFET em universidade, elaboração do Plano Diretor, programa Minha Casa, Minha Vida, criação do programa Menor Aprendiz e falta de médicos legistas no município, dentre outras ações.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.