quarta-feira, 4 de Abril de 2012 09:30h Atualizado em 4 de Abril de 2012 às 09:43h. Carla Mariela

Parlamentares revelam se irão se candidatar novamente

A entrevista foi realizada com todos os vereadores da Câmara Municipal de Divinópolis

A campanha política de 2012 está se aproximando e parlamentares que fazem parte da Casa Legislativa de Divinópolis, se pronunciaram em entrevista a Gazeta do Oeste, revelando se lançarão suas candidaturas para a eleição desse ano ou não.
Baseado no site do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG), o calendário eleitoral, possui o cronograma que os pré-candidatos terão que seguir durante a campanha. O dia 10/06, é a data prevista para o início do período das convenções para a escolha dos candidatos, sendo que o prazo final será dia 30/06. No dia 05/07, será o último dia para o pedido de registro dos candidatos aos cargos de Prefeito, Vice-Prefeito e Vereador, pelos partidos ou Coligações. A partir de 06/07 passa a ser permitida a propaganda eleitoral. No dia 10/07, será o último dia para os candidatos, escolhidos em convenção, requererem seus registros, caso os partidos/coligações não os tenham requerido. O dia 08/08, é o último dia para os partidos preencherem as vagas remanescentes para o cargo de vereador no caso das convenções não terem indicado o número máximo previsto. No dia 07/10 serão realizadas as eleições.
O que se percebe é que os vereadores estão conscientes do cronograma que precisa ser seguido na pré-candidatura, e a maioria deles está disposta a se candidatarem novamente, mas embora eles estejam com essa vontade, os partidos de cada um é que vão decidir. Eles afirmam que colocarão os seus nomes a disposição dos partidos e juntos vão debater se lançarão a candidatura ou não.
Em entrevista, o vereador, Geraldinho da Saúde (PR), relatou que está avaliando a sua candidatura junto com o seu partido. “Nós estamos avaliando, pois faço parte de um grupo muito sério, que é o grupo do Deputado Jaime Martins. Sou filiado ao PR, Partido da República, por 12 anos, e nós estamos em discussão, o partido está lá, o meu nome é colocado à disposição, mas nós escutamos o nosso líder maior que é o Deputado Jaime , que é quem dá o nosso norte. Nós temos um compromisso hoje de fazer a cidade avançar mais. De todos os deputados que passaram por Divinópolis, o Deputado Jaime Martins, foi o grande aliado desse povo, tanto é que está no seu quinto mandato, um dos Deputados mais votados no Estado e respeitadíssimo em todas as esferas de governo por causa da sua seriedade”, afirmou.
O vereador, Hilton de Aguiar (PMDB), ressaltou que o seu trabalho está sendo realizado para que a população possa reelegê-lo novamente, caso ele se candidate, já o parlamentar, Antônio Paduano (DEM), diz que quem vai decidir se ele vai candidatar ou não é o partido. “Na verdade o mandato não pertence a nós, se depender de mim estarei à disposição do partido e serei um pré-candidato. Caso, o partido me escolha para candidatar novamente, estarei pronto”, esclarece Paduano.
Segundo, Heloísa Cerri (PV), ela está pensando seriamente em se candidatar e também colocou o seu nome a disposição do partido. “Já coloquei o meu nome para o partido e vamos debater a respeito disso”, disse.
O vereador, Rodyson do Zé Milton (PSDB), ressalta que com certeza vai se candidatar como vereador, também vai disponibilizar o seu nome ao partido como pré-candidato e se o partido entender que o seu nome é interessante para dar continuidade na governabilidade, ele estará firme para as eleições. Segundo, Beto Machado  também do mesmo partido que Rodyson, ele está trabalhando para ser candidato, mas ele junto com o partido está em fase de planejamento e se tudo correr bem, ele será candidato sim.
O parlamentar Edson Sousa (PSB), relata que ainda não sabe se vai se candidatar novamente, porque conforme Sousa, a pessoa só é pré- candidata depois que ele passa pela convenção e o Dr. Francisco, líder do partido, tem o desejo para marcar as convenções para o início de junho, e por essa questão ele afirma que só vai saber sua situação somente depois de junho após as convenções.
Por questões de saúde, o líder do Governo, Edmar Rodrigues, e o parlamentar Milton Donizete, não participaram da entrevista.
Ao ser questionado sobre se concorrerá novamente, o presidente da Câmara, Anderson Saleme (PR), comentou que a questão da eleição para vereadores, é preciso aguardar a convenção partidária que ocorre entre os dias 10 e 30 de junho e conforme Saleme, o seu nome será colocado para que o partido aprecie e se for aprovado a partir de julho a realidade pode ser outra.
O Pastor Paulo César (PRB), ainda está estudando a possibilidade, mas já apresentou para a direção do partido o seu nome. “Esse é o meu desejo e o desejo do partido, nos candidatarmos para a nossa reeleição, nós vamos trabalhar e é bem provável que seremos sim candidatos”, ressalta.
Ao ser questionado sobre se iria se candidatar novamente, Adair Otaviano (PMDB), afirmou que já está na Casa Legislativa há quase 12 anos, no 3º mandato e que se Deus permitir ele também vai candidatar. “Já estou há 12 anos na Câmara e se Deus permitir, nós estamos colocando o nosso nome a disposição do partido, é o partido que sabe quais os pré-candidatos vão lançar”, declarou.
O vereador Roberto Bento (PTdoB), ressaltou que sempre gostou da política e não da politicagem e que tem 38 anos de vida pública entre prefeitura e Câmara. “Fui funcionário, concursado, passei por todos os cargos da prefeitura, na Casa Legislativa fui o 1º Secretário. São 20 anos de vereador, eu tenho realmente o prazer em ser vereador. Estou satisfeito, defendo Divinópolis em qualquer lugar que eu vou, mas estou muito decepcionado com a política, tenho andado muito cansado e realmente não sou candidato a vereador”, argumenta.
Contudo, a maioria dos pronunciamentos dos vereadores aponta que eles colocarão o nome a disposição dos partidos para a candidatura, caberá às lideranças decidir se vão ou não apontá-los como pré-candidatos para que, consequentemente, os escolhidos possam elaborar a campanha de acordo com o cronograma eleitoral e apresentar suas perspectivas de melhorias para o Município de Divinópolis durante a campanha.
Portanto, somente Roberto Bento, afirmou categoricamente que não vai se candidatar e Edson Sousa ainda não sabe, pois depende das convenções do seu partido.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.