quarta-feira, 10 de Fevereiro de 2016 10:14h Agência Brasil

Patriarca da Igreja Ortodoxa começa amanhã viagem pela América Latina

O patriarca ortodoxo russo Kirill fará visita a Cuba, Paraguai e Brasil entre os dias 11 e 21 deste mês. Na primeira parada, em Cuba, ele terá um encontro histórico com o papa Francisco no dia 12, no Aeroporto de Havana

Segundo o Vaticano, será “o primeiro encontro da história” entre os dois principais dirigentes cristãos do Ocidente e do Oriente, separados desde o Grande Cisma de 1054 que dividiu a cristandade.

A reunião ocorrerá durante uma visita à América Latina do patriarca Kirill e da viagem ao México do papa Francisco, que será entre os dias 12 e 18.

 

O encontro terá início com uma reunião de duas horas e será concluído com a assinatura de uma declaração comum. O chefe das Relações Exteriores da Igreja Ortodoxa russa, metropolitano Hilarion de Volokolamsk, informou que o tema das perseguições aos cristãos será central na conversa entre os líderes. Ele disse esperar que o encontro entre Francisco e Kirill “abra uma nova página nas relações entre as Igrejas”.

“A situação atual no Oriente Médio, no Norte e no Centro da África e, em outras regiões, onde extremistas estão perpetrando um verdadeiro genocídio contra a população cristã, tem requerido medidas urgentes e cooperação mais próxima entre as igrejas. Nesta trágica situação, é necessário colocar de lado as desavenças internas e unir esforços para salvar a cristandade nas regiões onde está sujeita a mais severa perseguição”, afirmou o chefe das Relações Exteriores da Igreja Ortodoxa russa.

Durante sua estada em Cuba, está planejada a visita do patriarca russo ao ex-presidente Fidel Castro e ao atual dirigente Raúl Castro. No domingo (14), Kirill vai celebrar missa em uma igreja ortodoxa russa em Havana e seguirá para o Paraguai, onde será recebido pelo presidente Horacio Cartes, segundo o metropolitano Hilarion.

 

 

Brasil

No dia 19, o patriarca Kirill estará em Brasília e, de acordo com a Igreja Ortodoxa russa, será recebido pela presidenta Dilma Rousseff. A Secretaria de Imprensa da Presidência da República não confirma o encontro.

No dia 20, o líder da Igreja Ortodoxa russa estará no Rio de Janeiro onde rezará missa no Corcovado. No dia seguinte, ele conclui, em São Paulo, a viagem pela América Latina.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.