PEN conquista seus primeiros filiados em Minas Gerais

Fundado há pouco mais de um mês, o Partido Ecológico Nacional (PEN) já começa a conquistar importantes nomes da política mineira. Os deputados estaduais João Victor Xavier (ex-PRP) e Fred Costa (ex-PHS) são os primeiros parlamentares do Estado a se filiarem à sigla.

 

 

No último dia 18, João Victor Xavier, que em 2010 foi eleito deputado estadual com 56.956 votos, se desfiliou do PRP para ser membro do PEN. "Eu fui simpático à criação do PEN e, inclusive, colaborei na sua criação. Eu tinha uma relação com a direção nacional do partido, fui convidado e achei que era o momento", justificou.


Já Fred Costa, eleito deputado estadual pelo PHS com 38.419 votos, admitiu, há pouco mais de um mês, que a relação com sua antiga legenda chegou ao fim depois que o PHS escolheu, "de uma hora para outra", apoiar a reeleição de Marcio Lacerda (PSB) à Prefeitura de Belo Horizonte. Costa tinha a expectativa de lançar sua candidatura ao posto.

 

Agora no PEN, os dois deputados mineiros serão membros da Executiva Estadual e Municipal da legenda, sendo que Costa será o presidente do partido na capital.


Em âmbito nacional, um nome forte que a sigla busca agregar é o da ex-senadora Marina Silva (ex-PV). Ela, que é ambientalista, concorreu à Presidência nas eleições de 2010, seguindo o discurso sustentável focado pelos verdes.

 

O presidente nacional do PEN, Adilson Barroso, confirmou a O TEMPO que deverá se reunir com Marina nos próximos 20 dias para lhe apresentar as ideologias do novo partido e negociar sua adesão e candidatura à Presidência da República pelo PEN em 2014.


Perguntado sobre a possibilidade de ter a ex-senadora como filiada, Barroso disse que Marina se identifica com os ideais do PEN e que sua candidatura à Presidência só não será viabilizada "se ela não quiser".

 

A ex-senadora Marina Silva não foi encontrada para falar sobre o assunto.

 

 

 

 

 

 

O TEMPO

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.