quarta-feira, 17 de Setembro de 2014 06:47h Jotha Lee

Pimenta da Veiga faz campanha em Divinópolis

Candidato tucano garante que pesquisas já estão favoráveis

O candidato do PSDB ao governo de Minas, Pimenta da Veiga, fez campanha em Divinópolis, onde chegou ontem no meio da tarde. Recebido por militantes do partido, candidatos das coligações de sua aliança política, pelo prefeito, Vladimir Azevedo, e pelo vice, Rodrigo Resende (PDT), ele concedeu entrevista ainda no aeroporto e depois seguiu em carreata para o Centro da cidade. Sempre acompanhado pelo prefeito, o tucano tomou cafezinho em uma lanchonete, conversou com eleitores e entrou em alguns estabelecimentos comerciais.


A visita de Pimenta da Veiga foi uma continuidade da estratégia tucana, que tenta reverter o quadro político desfavorável ao PSDB em Divinópolis, onde a última pesquisa de intenção de votos para o governo do Estado aponta a vitória de Fernando Pimentel (PT). Na corrida presidencial, Aécio Neves é apenas o terceiro colocado.


Na segunda-feira, a visita do governador, Alberto Pinto Coelho, que anunciou recursos para o Hospital Público e repetiu antigas promessas, como a duplicação da MG-050 e o tratamento do esgoto, foi a primeira investida tucana na tentativa de reverter o quadro eleitoral na cidade. Um dia depois, a visita do candidato do partido confirmou a estratégia.


Pimenta da Veiga repetiu tudo o que foi dito pelo governador na segunda. Assegurou que no primeiro ano do seu mandato, caso eleito, o hospital regional estará em funcionamento. Ao contrário do governador, que garantiu entregar a obra no final do ano que vem, Pimenta da Veiga garantiu que esse ano o hospital já estará concluído.


“As obras não sofrerão nenhum atraso, estarão concluídas ainda este ano e, portanto, o problema de saúde de Divinópolis estará definitivamente resolvido. No meu governo, nós vamos equipar o hospital e colocá-lo em funcionamento nos primeiros meses do ano que vem. Portanto, o problema de saúde de Divinópolis está absolutamente equacionado”, garantiu Pimenta.


Pimenta da Veiga também repetiu o discurso sobre a duplicação da MG-050 e acrescentou que na visita do governador foi feito o anúncio de uma das maiores obras regionais, referindo-se ao tratamento do esgoto, cujo contrato entre município e Copasa foi assinado em junho de 2011.
Embora a promessa de despoluir o Rio venha sendo feita desde a assinatura do contrato entre a Prefeitura e o então governador, Aécio Neves, Pimenta da Veiga se valeu dela na tentativa de promover sua campanha na cidade. “É uma obra de valor altíssimo, centenas de milhões de reais, mas que vai trazer uma nova etapa na vida da região, pois o rio ficará em condição de alta qualidade. É um grande esforço que o governo do Estado está fazendo para melhorar a vida na região de Divinópolis”, frisou.

 

 

GASODUTO
Em entrevista à Gazeta do Oeste, Pimenta da Veiga garantiu que o gasoduto ligando Betim a Uberaba, inviabilizado pela retirada da PEC 68 de tramitação na Assembleia Legislativa, será prioridade no seu governo. “O gasoduto é meu primeiro compromisso. Nós vamos certamente iniciá-lo no ano que vem e vamos fazê-lo num prazo muito curto, pois ele é de grande importância para toda região que vai atender. Vai ser uma nova fase econômica, porque essas regiões contarão com um grande insumo industrial e com uma energia de preço muito competitivo. Não tenham dúvida, no meu governo nós iniciaremos e concluiremos o gasoduto até Uberaba e vamos tentar levá-lo um pouco mais adiante”, prometeu.


Embora as últimas pesquisas de intenção de votos em Minas continuem apontando favoritismo do candidato petista, Pimenta da Veiga mostrou-se otimista em uma virada. “Acho que estamos muito bem nas pesquisas. O nosso pessoal, por tradição em Minas Gerais, sempre se dedica mais ao trabalho na semana seguinte. Já temos recebido informações de quase todas as regiões do Estado onde já estamos ultrapassando nosso adversário e dentro de alguns dias estaremos na frente e venceremos as eleições”, finalizou.

Crédito: Jotha Lee

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.