quarta-feira, 2 de Setembro de 2015 09:49h

Pimentel renova compromissos com a saúde em Minas Gerais

Governador participou da abertura da 8ª Conferência Estadual de Saúde e assegurou o repasse constitucional para a área, além da ampliação do Samu

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, renovou, na noite desta terça-feira (1/9), durante a abertura da 8ª Conferência Estadual de Saúde, no Expominas, em Belo Horizonte, os compromissos da nova gestão em investir na melhoria da saúde no Estado. Entre eles, está a efetiva aplicação de 12% da receita estadual na área, a ampliação do Serviço Móvel de Urgência (Samu) para todas as regiões mineiras e a conclusão das obras dos hospitais regionais.

“Não é só a questão dos 12%, isso é o básico. Nós vamos cumprir os 12% que está na constituição para a saúde. Mas é mais do que isso, é avançar mais e discutir como aplicar os 12% ou mais de 12%, se conseguirmos ultrapassar”, garantiu Pimentel em seu discurso.

Fernando Pimentel destacou outros avanços e ações executadas pelo Estado. “Estamos avançando. O Governo do Estado assumiu um compromisso e já está começando a cumprir, que é ajudar no custeio de todas as UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) no estado. Isso é uma obrigação e vamos assumir o custeio junto com os municípios. Também vamos colocar o Samu em todas as regiões de Minas Gerais e vamos terminar as obras dos hospitais regionais”, afirmou.

Incentivos às UPAs

Para fortalecer as redes de urgência e emergência e garantir um melhor atendimento à população, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) ampliou os incentivos financeiros para o custeio mensal das UPAs 24 horas. Os recursos são equivalentes a 25% do valor repassado pelo Ministério da Saúde. As obras de oito hospitais regionais, paralisadas na última gestão, também já foram retomadas este ano.

Além dessas ações, o governador destacou a mudança de atitude de seu Governo. Pimentel foi o primeiro chefe de Estado a participar da abertura da Conferência Estadual de Saúde, cujo objetivo é analisar as propostas e prioridades da saúde em âmbito estadual e nacional aprovadas nas conferências municipais. O formato, segundo Pimentel, é semelhante ao realizado pelos Fóruns Regionais de Governo, que buscam ouvir das pessoas as prioridades de cada região.

“Temos uma tarefa imensa pela frente, mas só vamos enfrentar e vencer essa tarefa se fizermos juntos. É por isso que estou aqui. Essa mudança em Minas Gerais começou e não vai terminar. E a principal delas é a de atitude. É você de fato governar junto com as pessoas, com o cidadão, com a cidadã, com os profissionais da saúde. É conversar para conduzir as coisas”, finalizou.

Participação

A presidente do Conselho Nacional de Saúde, Maria do Socorro Souza, destacou a importância do espaço para a discussão de políticas públicas voltadas para a saúde. “É aproximar Governo e sociedade para juntos encontrarmos caminhos”, disse, destacando o papel realizado por Minas Gerais na conferência.

“Apostamos nesse espaço como sendo um dos mais expressivos da nossa agenda nacional. Minas Gerais não tratou a conferência como uma rotina, tratou como um espaço de participação e politização da saúde pública do nosso país”, afirmou Maria do Socorro.

O vice-presidente do Conselho Estadual de Saúde de Minas Gerais, Ederson Alves da Silva, comemorou a presença de diversos segmentos sociais no evento. “Essa é a conferência da inclusão social”, ressaltou.

Ederson classificou a participação do governador como uma prova do compromisso da nova gestão com a saúde do Estado. “Parabéns pela sua presença aqui hoje, porque é uma responsabilidade o gestor estar aqui para escutar dos usuários, trabalhadores e gestores o que eles querem para a saúde pública de Minas Gerais”, disse, se referindo às dívidas deixadas pela gestão anterior, como o não cumprimento dos repasses constitucionais para o setor.

Também participaram do evento os secretários de Estado de Saúde, Fausto Pereira do Santos, e de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães, além do presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, deputado estadual Arlen Santiago, entre outras autoridades.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.