segunda-feira, 29 de Outubro de 2012 03:49h Gazeta do Oeste

PMDB volta ao poder em Juiz de Fora com Bruno Siqueira

 O candidato do PMDB Bruno Siqueira é o novo prefeito de Juiz de Fora. Com 57,16% dos votos válidos (163.689), o peemedebista derrotou a concorrente do PT Margarida Salomão, que conseguiu 42,84% (122.684). Votos brancos somaram 2,51% (7.793) e nulos 5,01%(15.809). A eleição folgada marca um novo ciclo na política juizforana. Isto porque ela encerra um período de revezamento entre os três ex-prefeitos Alberto Bejani (PSL), Custódio Mattos (PSDB) e Tarcísio Delgado (PMDB).

Até se eleger, Bruno Siqueira precisou enfrentar descontentamentos até mesmo dentro do PMDB. A ala liderada pelo ex-prefeito Tarcísio Delgado não aceitou a intenção de Bruno como candidato e chegou a impetrar ações judiciais para impedir a realização da convenção partidária que confirmou a candidatura da chapa vitoriosa.

Depois disso, o prefeito eleito assistiu a uma debandada de partidos que o apoiariam para a chapa capitaneada pelo candidato à reeleição, o prefeito Custódio Mattos. E a coligação “Juiz de Fora não pode esperar” entrou para a empreitada apenas com quatro legendas (PMDB, PTN, PMN, PSD).

Deputado estadual, Bruno só conseguiu arregimentar mais apoio durante o segundo turno, quando conquistou a maioria das legendas com representação em Juiz de Fora. Teve ainda a adesão de peso do governador Antônio Anastasia (PSDB) e do senador Aécio Neves (PSDB).

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.