segunda-feira, 20 de Julho de 2015 13:47h

População do Mucuri participa da segunda etapa do Fórum Regional de Governo e define prioridades

Incentivo às famílias do campo, criação de centros de prevenção à criminalidade e investimentos em escolas agrícolas estão entre as principais reivindicações

Sérgio Ferreira, empresário de Teófilo Otoni, fez questão de reservar o sábado (18/7) para participar da segunda etapa do Fórum Regional de Governo do Território do Mucuri, com a presença de moradores de 41 municípios da região.
Para ele, que reivindica melhorias na saúde, a participação popular tem sido a grande diferença do novo governo. “Pimentel está governando de uma forma inovadora ao ouvir a população de Minas. Espero que ele termine o hospital regional, porque o atendimento de saúde aqui é péssimo", avalia Sérgio.
Assim como ele, outras 371 pessoas ajudaram a definir as prioridades para a região nas áreas de Segurança Pública, Educação e Cultura; Infraestrutura e Logística; Saúde e Proteção Social e, por último, Desenvolvimento Produtivo, Científico e Tecnológico, os cinco eixos que irão orientar o Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI).
Em grupo, os integrantes do fórum debateram cada um desses eixos para definir uma ordem de importância para os problemas apontados no Formulário de Diagnóstico Territorial, distribuído na primeira etapa, quando foi instalado o Fórum Regional do Mucuri.

Agricultura e policiamento
Uma das prioridades definidas na sala “Desenvolvimento Produtivo, Científico e Tecnológico” foi a garantia de mais apoio à agricultura familiar, com incentivos à produção de qualidade e maior contingente de pessoal da Emater. Dentre os cinco pontos elencados no item Agricultura e Pecuária, estão medidas simples, como a distribuição de sementes crioulas na época certa de plantio.
Como ação importante para o Desenvolvimento Agrário, os participantes do Fórum do Mucuri indicaram a revisão territorial dos órgãos com atuação regional do Estado ligados à agricultura familiar, como Emater, Epamig, Ruralminas, IEF, IMA e Supram/Semad.
Para os integrantes do grupo que debateu Segurança Pública, a criação de um Centro de Prevenção à Criminalidade nos microterritórios e a ampliação de vagas no sistema sócio-educativo são medidas que o Estado deve priorizar.
Dentre os dez problemas mais urgentes a serem enfrentados,  foi sugerida a transformação do pelotão de Águas Formosas em companhia, com o aumento do efetivo e implantação da Patrulha Rural. No que tange à Polícia Civil, foi pedida a criação de uma Delegacia Regional no microterritório de Águas Formosas, assim como uma delegacia exclusiva para mulher em cada um dos micros territórios.

Educação no campo
A sala que se dedicou ao debate sobre Educação apresentou, dentre as 20 necessidades mais urgentes, a implantação de mais escolas agrícolas com proposta pedagógica adequada à realidade da área rural e estudo em tempo integral.
Maria Lourdes Gomes,professora na Escola Família Agrícola, de Itaipé, cidade a 83 km de Teófilo Otoni, explica a importância dessa medida para a região. “Reivindicamos investimentos em projetos mais técnicos para os jovens do meio rural. Hoje o êxodo é enorme e as cidades pequenas estão ficando vazias", conta a professora.
Também foi discutida a criação de escolas técnicas de formação para os jovens que terminaram o ensino médio e uma escola técnica em agropecuária. No ensino superior, foi apontada necessidade de expansão das unidades estaduais e federais existentes - UEMG, IFET e Unimontes -, ampliando a oferta de cursos.

Relatórios
Cada um dos cinco eixos debatidos terá um relatório contendo todas as demandas apresentadas pelos integrantes do Fórum Regional do Mucuri. Os 25 membros eleitos para o Comitê de Planejamento Territorial (Complete) irão detalhar as demandas para que sejam identificados projetos e recursos necessários para sua implementação.
O Complete do Território Mucuri também irá acompanhar o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social e a elaboração do Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI). Um encontro com os integrantes dos Complete’s dos 17 Territórios de Desenvolvimento está marcado para o dia 19 de setembro, em Belo Horizonte.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.