quarta-feira, 19 de Fevereiro de 2014 05:15h Atualizado em 19 de Fevereiro de 2014 às 05:20h. Carla Mariela

População manifesta contra atitude de vereador Rodyson Kristnamurti

A reunião ordinária da câmara municipal de Divinópolis, após reforma do plenário no 2º piso, iniciou suas atividades com a manifestação dos cidadãos.

A reunião ordinária da câmara municipal de Divinópolis, após reforma do plenário no 2º piso, iniciou suas atividades com a manifestação dos cidadãos. Os manifestantes fizeram protestos contra a atitude do parlamentar Rodyson Kristnamurti (PSDB) depois de sua noiva ter comparecido à delegacia de mulheres e prestado queixa por agressão cometida pelo parlamentar contra esta.
Rodyson Kristnamurti na manhã da última segunda-feira foi acusado por Patrícia Vasconcelos, de agressão após a mesma descobrir a infidelidade do noivo. A Polícia Militar foi acionada por Patrícia, mas quando os militares chegaram à residência do parlamentar, o mesmo não foi localizado. Patrícia denunciou o caso na Delegacia de Mulheres. Conforme informações, o vereador será ouvido e se necessário será aberto inquérito com base na Lei Maria da Penha.
Os manifestantes estavam no plenário com chicotes nas mãos relembrando um outro fato envolvendo o vereador, com cartazes abordando que a violência contra mulher é crime e faixas com os seguintes dizeres: “Lei Maria da Penha para Rodyson já”.
O vereador Rodyson Kristnamurti não compareceu à reunião ordinária ontem. A assessoria do presidente da câmara municipal, Rodrigo Kaboja (PSL) afirmou que por enquanto este não se pronunciará sobre o assunto.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.