PPS apresenta candidatos para disputar as eleições 2012 em Divinópolis

Na terça-feira, à noite, foi realizada a convenção partidária do partido PPS, no gabinete da Deputada Estadual Luzia Ferreira. Participaram do encontro, os candidatos do PPS, a presidente do partido Valéria Ferreira, Josias Gomes Ribeiro que faz parte da comissão provisória do PPS, o prefeito Vladimir Azevedo (PSDB) acompanhado pelo assessor João Luiz (Pancho), representantes do PHS, o presidente do PSDB, Luiz Gonzaga Militão, o presidente da Câmara Municipal, Anderson Saleme (PR), dentre outros.

 


Conforme, Josias Gomes, é satisfatório poder receber na convenção o prefeito Vladimir, as lideranças de outros partidos, os parceiros como o PHS e o PRTB. “O momento é de festa, pois a democracia deve ser celebrada. Há democracia e eu falo isso com muito orgulho. Nós participamos da luta contra a ditadura militar nos anos 60 e sabemos o valor que tem sentarmos com o nosso prefeito entre nós, homens e mulheres, e decidirmos qual o projeto que nós temos para a cidade. E eu tenho observado o projeto do PSDB, é uma proposta que pensa para frente de uma maneira organizada com um plano estratégico de longo prazo. Divinópolis infelizmente perdeu muito tempo durante todos esses anos com alternância de governos que infelizmente alguns entravam para exatamente desfazer aquilo que outros tinham feito”, disse.

 


Para a chapa proporcional, de acordo com Josias Gomes, provavelmente serão 20 candidatos para compor a chapa numa coligação que segundo ele, está ocorrendo de maneira soberana, democrática e transparente. “O coletivo vai decidir se nós vamos fazer uma coligação em nível proporcional e é provável que sim, se vamos coligar com o PHS, se vamos coligar com o PSDB, isso é uma democracia que nos emociona e a certeza de estarmos marchando para a reeleição do nosso companheiro Vladimir Azevedo para mais quatro anos a frente do Município”, frisou.

 


Ao se pronunciar, o prefeito Vladimir Azevedo, relatou que é com muita alegria participar da convenção do PPS. “Esse momento de convenção, assim como eu disse para os candidatos do PRTB, é um ponto de partida porque consolida o trabalho partidário e prepara o partido para ir para a prática, que é ir para a rua, ir pedir voto, ir mostrar as ideias e construir sonhos junto com a sociedade. Toda a minha passagem na política serviu para agregar pessoas, isso fica como saldo positivo, pois estamos próximos de 15 partidos para a coligação em torno do meu nome e poder contar com o Tolentino, Jaime, Domingos, todos no mesmo palanque, por um projeto que nós estamos construindo juntos”, relatou.

 


Foi com esse sentido, que a presidente do PPS, Valéria Ferreira, colocou em pauta dois itens para serem votados pelos candidatos. A primeira votação foi em relação à coligação majoritária do PPS com o PSDB, PDT, DEM, PCdoB, PHS, PP, PR, PRTB, PSD, PSL e PTB, que tem à frente o atual prefeito Vladimir Azevedo e foi aprovada na votação. Já a segunda votação foi em relação opções de coligação proporcional. Foram apresentadas três opções, e a opção de fazer coligação com o PHS, que foi a vitoriosa.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.