quinta-feira, 12 de Dezembro de 2013 05:02h

Prefeito anuncia projeto de lei para implantação da CidadeTecnológica

Empreendimento vai abrir demanda de mais de cinco mil empregos diretos

O Prefeito Vladimir Azevedo assina na próxima segunda-feira (16) o Projeto de Lei que cria a Cidade Tecnológica do Centro-Oeste de Minas. A solenidade de assinatura será realizada em Belo Horizonte, no Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG).
De acordo com o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Paulo César dos Santos, com a assinatura, o Prefeito oficializa o local de implantação da cidade tecnológica. “O projeto que marcará a história econômica de Divinópolis será localizado na região rural do Choro, numa área de 468 hectares. Estamos estudando estratégias de benefícios fiscais e outros tipos de incentivos para a atração das empresas”, explica.
O projeto, que tem as áreas econômica, social e ambiental como tripé de sustentabilidade, demandará investimentos em torno de 500 milhões de reais, com previsão de geração de mais de 5 mil empregos diretos para os próximos anos, e atração de R$ 5 bilhões a R$ 10 bilhões em aportes de indústrias e empresas de base tecnológica que se instalarem no complexo.
O investimento será feito por um “pool” de empresas privadas e fundos de investimentos, entre elas a Interpar Empreendimentos e Participações Ltda, proprietária do terreno onde será construído o complexo. A concepção do projeto é do World Class Company Institute (WCCI), braço do World Trade Center (WTC) do Brasil. Também participa do projeto a BHZ Arquitetura e Gerenciamento.
O empreendimento será o primeiro parque tecnológico da terceira geração no Estado segundo o secretário Paulo César. “O desenvolvimento econômico e industrial de Divinópolis são os principais fatores para criação desse projeto, uma vez que sua implantação poderá impactar a economia de mercado, propiciar novos padrões de planejamento urbano, entre outros benefícios. Com conceito moderno, esse projeto reuniu além das empresas e instituições de ensino, centros comerciais, condomínio fechado, espaços para lazer, educação e compras”, ressalta.
Paulo informa ainda que a Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ), Campus Divinópolis, deve implantar uma unidade na Cidade Tecnológica para atuação nas áreas de biotecnologia e bioquímica. O Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet-MG) também participará com laboratórios das áreas de mecatrônica, eletrônica e tecnologia ferroviária, além de moda e design.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.