segunda-feira, 13 de Maio de 2013 07:07h Atualizado em 13 de Maio de 2013 às 10:54h. Carla Mariela

Prefeito de Divinópolis participa de encontro com demais lideranças municipalistas do Estado

O prefeito de Divinópolis, Vladimir Azevedo (PSDB), participou do 30º Congresso de Municípios Mineiro, que aconteceu nos dias 07, 08 e 09 de maio no Expominas em Belo Horizonte.

O prefeito de Divinópolis, Vladimir Azevedo (PSDB), participou do 30º Congresso de Municípios Mineiro, que aconteceu nos dias 07, 08 e 09 de maio no Expominas em Belo Horizonte. Na ocasião, ele como presidente da Frente Mineira de Prefeitos, também esteve com o prefeito da capital mineira, Márcio Lacerda, e outras autoridades para debaterem em conjunto sobre pautas com foco no desenvolvimento regional.

Antes de se pronunciar sobre o encontro com o prefeito de Belo Horizonte, Vladimir Azevedo, ressaltou sobre a importância do congresso. Segundo ele, sozinho o município não chega a lugar algum. Para ele, é a partir da união dos prefeitos, vereadores, servidores municipais, é que se chega a um ponto de fortalecimento dos municípios e consequentemente se melhora a vida dos munícipes. “Recebi o chamado do Toninho, prefeito de Barbacena, que a partir de agora possa atuar à frente da associação, para somar com ele nesta nova gestão fazendo esta articulação para os municípios. Assumo e represento Divinópolis com muito orgulho em mais esta ação em prol das cidades”, destacou.

Quando questionado que alguns municípios estão com dificuldades sobre se adequar as novas regras do Tribunal de Contas, e se para Vladimir Azevedo, esta vinda do prefeito de Barbacena para a AMM por já ter sido presidente do Tribunal de Contas, pode facilitar na consultoria das cidades mineira, Vladimir Azevedo respondeu que Antônio Andrada chega na AMM com um currículo que ninguém tem, uma vez que o prefeito de Barbacena já passou por vários cargos: prefeito, deputado e presidente do Tribunal de Contas, que para Vladimir

Azevedo é um órgão de controle externo que cada vez mais está informatizado, e faz cobrança aos municípios.
Conforme, Vladimir Azevedo, o congresso é considerado o maior evento político do estado.

Além disso, a associação tem uma tradição muito grande com 60 anos dedicados às causas municipalistas. O gestor de Divinópolis informou que hoje se percebe as principais autoridades do estado debatendo o municipalismo, o que é uma grande vitória. “Estou feliz de participar deste evento, não só como presidente da Frente Mineira de Prefeitos, e agora como diretor financeiro da AMM. Nesta soma de trabalho, poderemos avançar e capacitar desenvolvimento aos municípios” abordou.
Como presidente da Frente Mineira de Prefeitos, vice-presidente da gestão pública na Frente
Nacional, e a partir de agora fazendo parte da diretoria da AMM Vladimir enfatizou que o

Brasil é o único país do mundo que o município é um ente federado e que tem equilíbrio com o Estado e com a União, mas infelizmente de forma teórica na Constituição.
De acordo com o prefeito de Divinópolis, o estado de Minas Gerais, tem duas entidades municipalistas: a Associação Mineira de Municípios (AMM), a qual é uma entidade geral e a

Frente Mineira de Prefeitos, onde Vladimir Azevedo é o presidente e explica que esta tem foco estatutário nas cidades acima de 35 mil habitantes. “O nosso estado é grande, é o maior estado da Federação em número de municípios. Estas duas entidades são complementares, possui uma luta em comum, e nós nos reunimos no gabinete do prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda, que é um grande companheiro de trabalho, dedicado, entusiasta e com vários outros prefeitos para definir não só uma nova pauta, como também a preparação do nosso próximo encontro”, disse.

Vladimir Azevedo ainda afirmou que a Frente Mineira de Prefeitos trabalha de forma itinerante e que o próximo encontro será em Diamantina, com o prefeito desta cidade. Segundo o prefeito de Divinópolis a reunião com Márcio foi boa, para definir as pautas, focando o desenvolvimento regional, falando de cidades pólos e num processo de gestão por resultados para os municípios.
Sobre a Frente Mineira de Prefeitos:

A Frente Mineira de Prefeitos foi criada com a clara intenção de olhar pelos interesses dos municípios com mais de 35 mil habitantes, que hoje são 85 em Minas, desde então já realizou inúmeras ações de interesse dos maiores municípios Mineiros fazendo surgir soluções concretas para estas cidades com problemas semelhantes, com sua imprescindível mobilização política.
Uma das iniciativas importantes surgida das ações da FMP é a proposição acatada pelo ex-governador Aécio Neves na forma do programa “Máquinas para o Desenvolvimento”, que ficou sensibilizado pelos apelos dos Prefeitos das Cidades-Pólo reunidos em Poços de

Caldas, em 02 de marco de 2005, e criou este importante programa que entregou mais de 1.200 máquinas e equipamentos aos municípios mineiros.
Há outras atuações vitoriosas da Frente Mineira de Prefeitos, como acordos com entidades para realização de cursos de aperfeiçoamento de servidores públicos, defesa dos interesses dos municípios no Conselho de Contribuintes da Entidade, dentre outras.
E a mais recente iniciativa da Entidade foi à criação do Fórum Permanente de Procuradores

Gerais dos Municípios Mineiros que tem como objetivos a promoção da defesa da autonomia constitucional dos Municípios, o aperfeiçoamento e a consolidação do ordenamento jurídico municipal e o fortalecimento institucional da Procuradoria como órgão essencial à defesa do interesse público. Assim, buscando solucionar questões de interesse comum dos administradores municipais.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.