quinta-feira, 8 de Janeiro de 2015 09:22h Jotha Lee

Prefeito faz avaliação positiva e garante que 2014 não foi um ano perdido

Vladimir Azevedo lista o que considera as principais conquistas do ano passado

Embora o município tenha sofrido no ano passado com a queda na arrecadação e muitas dificuldades financeiras que impediram maiores investimentos, especialmente em infraestrutura, o prefeito de Divinópolis, Vladimir Azevedo, considera que houve avanços importantes e não vê 2014 como um ano perdido. “Foi um ano muito difícil, ainda de consolidação de projetos estruturantes”, disse ele em entrevista à Gazeta do Oeste.
Muitos projetos sofreram atrasos significativos, como por exemplo a construção do Hospital Regional e do Centro Administrativo, obras que estavam previstas para final de 2013 e que ainda aguardam conclusão. Entretanto, o prefeito trabalha com a expectativa de entrega do Hospital para o segundo semestre, como também pretende concluir o Centro Administrativo até o final do ano.
Para o Vladimir, as dificuldades impostas no ano passado pela crise na economia nacional, afetando diretamente aos municípios, não impediu o avanço de projetos, embora muitos deles tenham sofrido atrasos significativos e que ainda não têm data para conclusão. Uma das conquistas de 2014, segundo o prefeito, e que deve se tornar realidade prática esse ano, é o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). “Já foi aprovado todo o processo, o convênio também já está assinado e a Prefeitura já colocou o terreno à disposição”, assegurou.

 

SAÚDE
O chefe do Executivo avalia que 2014 foi o ano da virada no sistema de saúde público. É fácil constatar que houve avanços, com redução significativa no número de reclamações, embora ainda haja dificuldades nos atendimentos de urgência e a crise do Hospital São João de Deus, que afetou todo o sistema. Entretanto, Vladimir avalia que para a saúde, o ano foi muito positivo. “O SIM Saúde foi uma conquista das mais importantes, foi uma virada no sistema”, garantiu.
De acordo com o prefeito, projetos que ainda não foram testados na prática também foram conquistas de grande importância ocorridas no ano passado. “A criação da Cidade Tecnológica, a consolidação do protocolo para a vinda da linha aérea comercial a partir do início de fevereiro, o protocolo do gasoduto são conquistas que colocam Divinópolis em uma outra matriz”, comemorou.
A instalação do Olho Vivo, também uma das promessas de sua campanha, é avaliada pelo prefeito como a mais importante iniciativa na área de segurança pública para a cidade. “Foi uma conquista muito grande, imensurável, que já traz resultados altamente positivos no dia a dia das pessoas. Com 32 câmeras, o Olho Vivo já ajudou na redução de mais de 30% das ocorrências, trazendo assim mais segurança efetiva para a cidade”, analisou.
Vladimir também considera de grande importância os 100% de acessibilidade no transporte coletivo urbano, que para ele tem grande significado, não apenas para os usuários. “Isso, sem nenhuma dúvida, mostra uma cidade que queremos fazer. A erradicação do analfabetismo, que obtivemos o reconhecimento do Ministério da Educação, foi uma grande conquista. Entregamos dois Cmeis [Centros Municipais de Educação Infantil] e vamos entregar mais dois esse ano e isso mostra que estamos projetando a educação infantil de base que é fundamental, além de termos ainda o reconhecimento como uma das 50 melhores cidades na política de desenvolvimento social. Enfim, várias questões que nos mostraram que com todo o sacrifício e com todas as dificuldades ainda tivemos conquistas e o que está projetado nos motiva muito mais”, finalizou.

 

Crédito: Juliana Lélis/PMD

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.