quarta-feira, 3 de Dezembro de 2014 09:54h Atualizado em 3 de Dezembro de 2014 às 10:01h. Jotha Lee

Prefeitura ainda não sabe de onde virá o dinheiro para pagar 13º

Secretário de Fazenda garante que pagamento sai até 20 de dezembro

Os mais de 5 mil servidores municipais receberão o 13º salário no dia 20 de dezembro, embora a Prefeitura ainda não tenha o dinheiro para esse fim e não saiba de onde ele virá. Há 20 dias correu um boato de que o município poderia atrasar o pagamento desse direito trabalhista, porém, em nota enviada pela Diretoria de Comunicação, a Prefeitura informou que “está trabalhando para pagar o 13º dentro do prazo legal.”
As especulações sobre um eventual atraso no pagamento surgiram diante das dificuldades de caixa da Prefeitura, que este ano tornaram-se mais agudas. O município tem uma extensa lista de credores e muitos fornecedores estão sem receber desde 2012. Restos a pagar, fornecedores na fila de espera do pagamento, prestadores de serviços aguardando o acerto, refletem os muitos problemas financeiros enfrentados pela Prefeitura.
Junte-se a isso, a arrecadação muito abaixo da previsão orçamentária, conforme mostrou matéria exclusiva publicada na edição de sábado da Gazeta do Oeste. A matéria mostrou, através de relatório oficial da Prefeitura, que somente nos dez primeiros meses do ano, a arrecadação ficou R$ 79,3 milhões abaixo da previsão orçamentária.

 

 

FARPAS
E não existem boas perspectivas para o ano que vem. “Nós não vemos uma luz no fim do túnel”, foi o que afirmou o secretário municipal de Fazenda, Antônio Castelo, em entrevista exclusiva à Gazeta do Oeste. Ele ilustrou a situação financeira do município ao afirmar que “estamos no sinal amarelo, com viés para o vermelho, quase chegando ao vermelho.”
Na sessão de ontem da Câmara Municipal, o vereador Adair Otaviano (PMDB) abordou a questão financeira do município e fez duras críticas ao governo Vladimir Azevedo (PSDB). Falou das dívidas acumuladas, dos gastos em cargos de confiança e disse que o governo municipal precisa ter responsabilidade.
Em resposta, o vereador Adilson Quadros (PSDB), sem citar nomes, mas numa alusão à administração peemedebista de Galileu Machado, afirmou que em governos anteriores o salário dos servidores chegou a ficar atrasado até quatro meses. “É preciso fazer um exercício de memória e lembrar que em governos anteriores os servidores ficaram com salários atrasados até quatro meses e nessa administração eles recebem em dia, todo quinto dia útil do mês. Também é bom lembrar que nesse governo, 30% dos cargos de confiança são ocupados por servidores de carreira e eu não me lembro de servidor de carreira ocupando cargo de confiança em algumas administrações”, alfinetou.

 

 

DIA 20
Antônio Castelo afirma que o governo municipal pretende pagar o 13º integral no dia 20 desse mês. “Na realidade, por força de lei, nós temos até o dia 20 de dezembro para pagar o 13º salário integralmente. E o governo Vladimir, através da Secretaria de Fazenda, está trabalhando para fazer o pagamento integral no dia 20.”
O secretário admite que a Prefeitura ainda não tem os recursos para quitar o 13º. “Se você me perguntar 'Já tem o dinheiro para pagar o 13º?', não, não tenho. Mas nós estamos trabalhando muito para que ele seja efetivamente pago dentro da lei”, admitiu. “No ano passado foi dessa forma, esse ano deve ser do mesmo jeito e o governo Vladimir tem uma preocupação muito grande com o servidor público. Na verdade, isso é uma verba alimentar. Como é que você deixa de pagar o servidor se ele já assumiu compromisso com relação a esse dinheiro, não tem como ser diferente”, garantiu.

 

Crédito: Jotha Lee

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.