quinta-feira, 28 de Maio de 2015 11:27h Atualizado em 28 de Maio de 2015 às 11:34h. Pollyanna Martins

Prefeitura de Carmo do Cajuru entrega 209 casas do programa Minha Casa Minha Vida

Entrega das chaves será amanhã, às 16 h

A Prefeitura de Carmo do Cajuru entregará amanhã 209 casas do programa Minha Casa Minha Vida. A entrega das casas finaliza um processo de pouco mais de um ano. As inscrições para participar do sorteio dos imóveis começaram em fevereiro do ano passado, quando 468 famílias se inscreveram para serem beneficiadas pelo programa. Segundo a secretária municipal de Promoção Social e Defesa Civil, Sirleia Moreira Tavares, no dia 15 de março de 2014 foi realizado o sorteio de 209 famílias titulares e 60 suplentes.
Para evitar irregularidades no programa, a secretaria realizou visitas técnicas nas 269 famílias. Foi averiguada a veracidade das informações fornecidas na hora do cadastro e, a partir deste procedimento, todas as famílias aprovadas pela assistência social do município foram encaminhadas para a Caixa Econômica Federal (CEF). Durante o processo de seleção, a secretaria excluiu 47 inscritos e a CEF mais 15, que não se encaixavam nos pré-requisitos exigidos pelo governo federal. “A Caixa Econômica Federal fez outra avaliação para chegar até o momento da entrega. Foi um processo transparente, feito com audiência pública, compartilhado com a comunidade. Um processo aonde toda a comunidade participou”, ressalta.
Esta é a primeira vez que o município entrega um residencial no formato Minha Casa Minha Vida. De acordo com Sirleia, a assinatura do contrato das casas será às 9h30, na quadra do bairro Nossa Senhora do Carmo e, a partir das 16h, será a entrega do Conjunto Habitacional São Francisco. “As famílias contempladas são famílias acompanhadas pela assistência social. Dessas famílias, há mulheres como chefe de família, deficientes físicos, idosos. São pessoas que usufruem da política social de Carmo do Cajuru”, destaca.

ESTRUTURA
Para que o inscrito seja contemplado com o programa, a renda familiar não pode ultrapassar R$ 1,6 mil. As prestações das casas variam entre R$ 25 e R$ 80. A secretária informa que cerca de 800 pessoas foram beneficiadas pelo programa, que conta com casas de dois quartos, sala, cozinha e banheiro. “A gente não está entregando só uma casa, a gente está vendo uma política funcionar para famílias que precisam, porque é uma melhor qualidade de vida. É R$ 400 de um aluguel, que elas vão investir na alimentação, lazer. Com o dinheiro do aluguel, hoje essas pessoas vão poder pagar água, luz e a prestação da casa”, celebra.
Sirleia comemora ainda a contribuição da Prefeitura para a redução do déficit habitacional em Carmo do Cajuru. Segundo a secretária, cerca de 1% dos habitantes terão sua casa própria. “É um marco importantíssimo, não só para a assistência social, mas principalmente para Carmo do Cajuru, quando 209 famílias terão suas casas próprias, que é um sonho do brasileiro”, conclui.

 

Crédito: Prefeitura Carmo do Cajuru

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.