terça-feira, 29 de Julho de 2014 06:07h Atualizado em 29 de Julho de 2014 às 06:13h.

Prefeitura firmará novo convênio com o Sintram

O prefeito Vladimir Azevedo se reuniu com a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Municipais (Sintram) na manhã de ontem (28).

Após duas rodadas de negociações entre a equipe técnica da Administração Municipal e representantes do sindicato, o chefe do Executivo decidiu pela assinatura de novo convênio com a entidade. A minuta do convênio será elaborada e a assinatura está prevista para o mês de agosto. Além do prefeito e do presidente do Sintram, João Madeira, participaram da reunião o secretário municipal de Administração, Beto Machado, o secretário municipal de Governo, Honor Caldas, secretário de Fazenda, Antônio Castelo, procurador do município, Rogério Farnese, o vice-presidente do Sintram, Eduardo Parreira, o diretor financeiro do Sintram, José Alcolano Martins e os diretores da empresa Consolidar, responsável pelo sistema operacional dos convênios do Sintram, Arlindo de Souza e Aderbal Gomes.
Desde o início das discussões, o grupo de trabalho debateu questões legais e administrativas quanto à gestão das operações realizadas entre a Prefeitura e o Sintram, especialmente quanto aos descontos em folha de pagamento dos servidores. Para o prefeito Vladimir, a revisão de alguns processos operacionais  será necessária para buscar a segurança jurídica, melhorar a prestação de serviços, e, cada vez mais, diminuir o grau de endividamento das famílias dos servidores. “Chegamos a um bom termo de todo um ajuste técnico, jurídico e institucional, que é bom para a cidade, para o Sintram e ainda mais para os servidores. É um novo convênio, que passa agora a ser confeccionado, estruturado, para que nós possamos assinar ainda no mês de agosto, e já deixando uma tranquilidade para todos os servidores, que até que este novo convênio possa estar em vigência valem todas as regras que até então vêm sendo executadas. Todas as compras, todos os procedimentos de planos de saúde, que passam a vigorar tranquilamente” garantiu o prefeito. 
Ainda de acordo com o prefeito Vladimir, o entendimento com o sindicato trará  avanços administrativos e operacionais para o sistema. “Desde o início, quando nós detectamos o problema que havia um descobrimento de um vínculo institucional entre o Sintram e a Prefeitura para estas operações dos servidores com fornecedores diversos da cidade da área comercial, e mesmo com a operação da área de saúde, nós oficializamos o Sintram para que nós pudéssemos legalizar esta situação. Havia muitos problemas técnicos e jurídicos também nestes convênios, nestes contratos. Nós aproveitamos, fizemos três reuniões de trabalho, e alinhamos estes problemas” completou o prefeito.
O presidente João Madeira reconheceu a necessidade das mudanças apontadas pelo grupo e avaliou de maneira positiva a manutenção do convênio com a Prefeitura.  “Nós chegamos num ponto comum, aonde o servidor pode ficar tranquilo, que os convênios vão continuar normalmente. Agora, só mesmo a parte burocrática, de legalidade, porque também nós não podemos fugir desta legalidade de 30% que o servidor pode comprometer de seu salário. Então, acho que foi um avanço esta discussão, e nós percebemos que o Executivo e o Sintram, de uma forma democrática do diálogo, buscamos e hoje consolidamos, solucionando o problema. Este convênio que nós vamos assinar agora vencerá em março de 2015, e depois se renova em março, até mesmo porque, em período de mudança de governo, terá dois meses de transição para se organizar e não deixar o servidor aflito. Então, o servidor pode ficar tranquilo, que venceu a democracia, a discussão, a boa prática, que foi a vencedora” pontuou João Madeira.

 

 

 

Crédito: Letícia Enes / PMD

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.