terça-feira, 17 de Janeiro de 2012 11:24h Flávia Brandão

Prefeitura pleiteia instalação daregional da JUCEMG para ampliar serviços

Hoje, município conta com núcleo de atendimento no UAI

O prefeito Vladimir Azevedo (PSDB) e o secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Rodrigo Resende, estiveram em Belo Horizonte, no início de janeiro, para reivindicar a transformação do atual núcleo de atendimento da Junta Comercial de Minas Gerais(JUCEMG),localizado na Unidade de Atendimento Integrado (UAI), em um escritório regional da repartição. De acordo com o secretário Rodrigo o pleito vem atender a grande demanda de serviços e a reivindicação de entidades de classe e uma nova reunião deve ser agendada para os próximos dias.
De acordo com o secretário Rodrigo Resende o encontro com representantes da JUCEMG teve que ser remarcada devido a imprevistos de agenda. “A reunião foi passada para outro dia por problema de agenda com a secretária geral, mas ela se colocou a disposição de vir a Divinópolis para discutir o assunto”, declarou Resende.
O secretário justifica o pleito pelo volume de trabalho apresentado em Divinópolis. “Por dados levantados pela Junta Comercial e pelo próprio Sindicato dos Contabilistas de Divinópolis chegouà conclusão, que temos uma demanda grande de serviços o que acaba causando maismorosidade nos serviços. Se transformarmos em um escritório regional teríamos mais agilidade nos serviços prestados”, explicou.
Resende argumentou ainda que as próprias entidades de classe como Sindicato dos Contabilistas de Divinópolis, ACID, CDL, reivindicam essa ampliação. Demonstrando essa demanda, o secretário cita que o escritório regional de Uberaba, criado já há alguns anos,tem fluxo menor do que o núcleo de Divinópolis. “Para se ter uma ideia o núcleo de Divinópolis tem um volume maior do que o da regional de Uberaba, por isso a necessidade de implantar uma regional aqui no município”, declarou.
O presidente do Sindicato dos Contabilistas de Divinópolis, José Geraldo Machado,endossou a fala do secretário Rodrigo Resende e disse que realmente o escritório regional se faz necessário, já que o município hoje não atende apenas empresários e contabilistas de Divinópolis, mas também da região e diante disso o número de funcionários fica pequeno. “Queremos que o trabalho seja agilizado porque a demanda é grande. Além disso, muitas vezes temos que aguardar o retorno de Belo Horizonte ”, ressaltou.
Gastos
O secretário pontua que a criação de uma regional é um desafio levando em conta que os gastos para a repartição com necessidade de mais servidores, mas a Prefeitura de Divinópolis pretende mostrar essa demanda latente de instalação de um posto maior de atendimento. “Acredito que isso venha acontecer realmente em um futuro bem próximo, que seja transformado e isso é anseio do Sindicato dos contabilistas, da CDL, da ACID, FIEMG”, disse.
Escritório Regional
De acordo com a Assessoria de Comunicação da JUCEMG existem, hoje, seis escritórios regionais nas seguintes cidades: Uberaba, Uberlândia, Varginha, Governador Valadares, Montes Claros e Juiz de Fora.
O secretário Rodrigo Resende destaca que com a regional será aberto um canal com qualidade de serviços ainda maior. “Isso é importante para Divinópolis porque você está abrindo um canal de qualidade melhor de serviço para as empresas, que estão instaladas em Divinópolis e região, que dependem do núcleo da JUCEMG s para resolver seus problemas evitando de ir a capital”, ressaltou. 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.