terça-feira, 27 de Setembro de 2011 10:14h Flávia Brandão

Prefeitura recebe proposta para elaboração de Plano Estratégico até 2032

R$ 250 mil é o valor para que a Fundação João Pinheiro desenvolva estudo

Duzentos e cinquenta mil reais, esse é o valor encaminhado a Prefeitura Municipal de Divinópolis pela Fundação João Pinheiro para a elaboração do planejamento estratégico, titulado “Divinópolis 100 mais 20”, que irá traçar as metas e ações para o desenvolvimento do município até 2032. A informação foi repassada pelo secretário de Governo, Antônio Faraco, e segundo ele o Executivo Municipal está “analisando e dimensionado esse investimento”, sendo que até o final dessa semana será dado retorno a proposta.

 

 

Segundo Faraco, a ideia é que a Prefeitura construa junto com a Fundação João Pinheiro uma programação para que no prazo de um ano seja entregue o documento Plano 100 mais 20 ao município. O secretário explicou que dentro desse planejamento estratégico da cidade, serão abordados pontos como: planejamento urbano, desenvolvimento econômico e estratégias para a cidade até 2032, etc.

 

A série de reuniões realizadas pelo Conselho do Centenário será segundo Faraco uma das fontes para esse trabalho.  “O Conselho do Centenário realizou uma série de reuniões com formadores de opinião e pessoas dos mais diversos segmentos da cidade tentando construir qual a visão de futuro, que a sociedade divinopolitana tem, então avolumaram se muitas informações e essas estão agora para análise da Fundação João Pinheiro, que terá como uma das fontes desse documento 100 mais 20 esse trabalho do Centenário”, explicou Faraco.

 

 

Ainda de acordo com o secretário até Centenário de Divinópolis o trabalho não estará totalmente concluído. “Até o aniversário uma etapa estará pronta, mas até o final de 2012 acredito que o trabalho estará concluso”, declarou.

 

Ações


Segundo Faraco não apenas diretrizes mais ações para alcançar o desenvolvimento de Divinópolis estarão presentes no Plano 100 mais 20.  Nesse contexto, as sugestões levantadas pelo Conselho do Centenário serão analisadas por uma Comissão Técnica da Prefeitura juntamente a Fundação João Pinheiro para verificar a viabilidade. “Isso será discutido no fórum técnico Prefeitura mais Fundação João Pinheiro para saber o que realmente tem viabilidade, o que faz sentido, o que efetivamente traria para Divinópolis um melhor resultado em termos de política pública. Estabelecida essa diretriz, quais seriam então as principais ações de fato que interessariam para o desenvolvimento divinopolitano. Ou seja, iremos desdobrar essas diretrizes em ações, intervenções, que seriam realizadas no plano ao longo de 20 anos”, explicou Faraco. 

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.