sábado, 15 de Novembro de 2014 04:21h Atualizado em 15 de Novembro de 2014 às 04:23h. Jotha Lee

Prefeitura trabalha para conseguir pagar 13º salário em dezembro

A Prefeitura ainda não sabe se terá dinheiro para pagar o 13º salário dos quase 5 mil servidores municipais em dezembro

Pelo menos foi esse o entendimento da informação prestada ontem pela Diretoria de Comunicação ao questionamento feito pela Gazeta do Oeste, diante de alguns boatos que surgiram sobre a possibilidade do município ter dificuldades financeiras para pagar o benefício.
“A equipe econômica da Prefeitura já está trabalhando para que o 13º seja pago em dezembro como acontece todos os anos”. Essa foi a resposta dada pela Diretoria de Comunicação sobre a possibilidade de ocorrer dificuldades para o pagamento. No entanto, não foi dada resposta com absoluta segurança de que o pagamento será efetuado.
Embora a Prefeitura tenha afirmado que “está trabalhando” para pagar o 13º, ainda não há motivos de preocupação para os servidores. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Municipais (Sintram), João Madeira, disse que esta semana se reuniu com o secretário municipal de Administração, Orçamento e Informação, Beto Machado, e, embora não tenham tratado diretamente do assunto, ele ficou com boa impressão após o encontro. “Pelo menos até agora nós não temos nenhum indício de que possa haver dificuldade para o pagamento do 13º”, assegurou.

 

 

EM DIA
Apesar de todas as dificuldades financeiras enfrentadas esse ano, com a arrecadação em baixa, muito aquém das previsões orçamentárias, o prefeito Vladimir Azevedo (PSDB) conseguiu honrar o pagamento dos servidores. Houve dificuldades com os repasses para o Instituto de Previdência Municipal (Diviprev), mas que foram sanadas com o parcelamento da dívida, cujo pagamento também está sendo feito rigorosamente pelo município.
Em todas as suas declarações, o prefeito sempre assegurou que honrar o pagamento dos servidores municipais é uma das prioridades do seu governo. No ano passado, em condições financeiras ainda mais adversas, o 13º salário foi pago dentro da meta estipulada.
A folha salarial dos servidores é uma das grandes dificuldades que o município enfrenta. O secretário de governo Honor Caldas de Faria admite essa dificuldade, pois segundo ele, a folha cresce automaticamente cerca de 10% ao ano, enquanto a receita tem crescimento médio de 5%.
Nos últimos cinco anos, a folha de pagamento dos servidores vem crescendo significativamente, enquanto a arrecadação não acompanha essa evolução. De acordo com dados do Tribunal de Contas da União, em 2010, os salários da Prefeitura de Divinópolis atingiram R$ 136.932.016,98, valor que pulou para R$ 186.355.285,11 no ano passado. Esse ano, os gastos com a folha deverão ficar no mesmo patamar. Já para o ano que vem, o orçamento estima gasto com pessoal, incluindo os encargos, de R$ 249 milhões.

 

 

Crédito: Jotha Lee

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.